• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Reajuste na conta de luz preocupa moradores das periferias 

Episódio do Próxima Parada fala sobre o reajuste de 52% na taxa extra da conta de luz; também confira dicas de como economizar

Na última terça (29), a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou um novo reajuste na conta de luz. Agora, a tarifa da bandeira vermelha nível 2, passa de R$ 6,24 para R$ 9,49 a cada 100 kWh (quilowatts hora), o que representa um reajuste de 52% na taxa extra da conta de luz a partir de julho.

Moradores das periferias que já estavam passando por uma situação econômica mais restrita estão preocupados com o aumento. A professora da rede pública Maria Jozelma Barbosa, 35, que mora com o marido na Vila Lutécia, em Santo André, região do ABC Paulista, é uma delas.

População mais pobre é a mais afetada pelos aumentos e também | Léu Britto/Agência Mural

“Durante a pandemia, nós tivemos alguns impactos financeiros na composição da nossa renda, porque no trabalho do meu marido houve redução da jornada e salário”, recorda.

“Agora com tudo aumentando e ainda mais esses cortes de salário fica bem complicado, principalmente com a conta de energia. Nossa conta de luz já está muito mais cara. Se a gente for comparar, junho do ano passado, este ano, aumentou absurdamente.” 

Esse foi o tema do Próxima Parada desta segunda-feira (5). Escute o episódio completo para entender mais e conferir dicas de como economizar:

Para o economista Juan Pereira, a população mais pobre é a mais afetada pelos aumentos e também pela inflação.

“A população mais pobre ou mais vulnerável, sem dúvida, está em situação muito delicada. Falta emprego, falta um auxílio emergencial suficiente. Então, de fato, o orçamento começa a ficar mais apertado com a inflação e com esses aumentos sucessivos de dor no preço da energia.”

PRÓXIMA PARADA

Parceria entre a Agência Mural e o Spotify, o Próxima Parada conta com a colaboração de jornalistas vindos dos bairros periféricos da Grande São Paulo. Para ouvir o episódio, basta clicar no link do programa e se cadastrar gratuitamente no aplicativo.

De segunda a sexta-feira, sempre no final da tarde, Ana Beatriz Felicio e Rômulo Cabrera contam histórias, analisam fatos e apontam possíveis soluções para as demandas das quebradas. A produção é de Gabriela Carvalho, com edição de som de Pammela Gentil e coordenação de Vagner de Alencar.

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Grande São Paulo

Comentários