APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias

Por: Pietra Alcântara

Notícia

Publicado em 11.02.2022 | 14:58 | Alterado em 11.02.2022 | 15:39

A Semana de Arte Moderna é um marco na história da arte nacional. Na época, o evento nasceu entre artistas das classes mais altas da sociedade, mas hoje inspira não só quem vive no centro, mas a galera das quebradas também. Por isso, o rolê desta semana dá uma atenção especial aos eventos em celebração aos 100 anos da Semana de Arte Moderna, responsável por mudar a maneira como a arte era e é encarada.

Por aqui, vamos ter dicas de atividades virtuais e presenciais, com as orientações de sempre: comprovante de vacinação na mão, máscara no rosto e paz no coração. Bora?

Batalha de rimas

Com programação especial em homenagem a Semana de Arte Moderna, a Fábrica de Cultura Jaçanã, na zona norte, promove a Batalha do Jaçanã. O evento vai rolar neste sábado (12) e busca reunir o público para um encontro em forma de rima e poesia, destacando a expressividade do território e potência cultural.

Batalha de rimas na zona norte @Divulgacão

Batalha do Jaçanã

Dia e horário: 12/2 às 18h

Endereço: Praça Memória do Jaçanã, s/n – Vila Nilo

Preço: Entrada gratuita

Cinema da quebrada

O Perifericu é um Festival Internacional de Cinema e Cultura da Quebrada, com o objetivo valorizar as diferentes manifestações e processos artísticos da população LGBTQIA+ periférica. Começou em 9 de fevereiro e segue até domingo (13).

O festival será de forma presencial e itinerante pelas favelas da zona sul da capital e conta com diferentes ativações artísticas, como apresentações musicais, mostras de curta-metragens e slam.

A realização é da Maloka Filmes, uma produtora criativa audiovisual LGBTGIA+ formada por jovens periféricos de São Paulo.

O encerramento será na ​​Casa de Cultura M’Boi Mirim, com sessão cinema, além de uma premiação com apresentação das Irmãs de Pau e demais outras atrações.

Isma e Vita, a dupla de funk Irmãs de Pau @Lucas Silvestre/Divulgação

Festival Perifericu

Dia e horário: 13/2 a partir das 17h

Endereço: Avenida Inácio Dias da Silva, s/nº – Piraporinha

Preço: Entrada gratuita

Contando o modernismo

A Cia. Mapinguary traz ao palco o espetáculo “Semana de 22: Contando o Modernismo”, na próxima quarta-feira (16). Os narradores contam a infância de modernistas como Anita Malfatti, Tarsila Amaral e Mário de Andrade, além de trazer poesias, músicas e curiosidades da Semana que transformou a arte brasileira.

Para isso, utilizam, oralidade, fantoches e o kamishibai, teatro com bonecos de papel de origem japonesa. A apresentação será presencial em Guaianases, na zona leste, na Biblioteca Cora Coralina.

Semana de 22

Dia e horário: 16/2 às 14h30

Endereço: Rua Otelo Augusto Ribeiro, 113 – Guaianases

Preço: Entrada gratuita

Mais filmes

O Festival Visões Periféricas é uma plataforma de difusão de filmes de curta, média e longa-metragem, e desenvolvimento de projetos audiovisuais produzidos nas periferias do Brasil.

A 15ª edição do festival será entre os dias 15 e 21 de fevereiro no formato presencial – no Rio de Janeiro – e online. O festival esse ano exibirá, ao todo, 48 filmes.

Além da exibição presencial, todas as sessões da mostra competitiva serão transmitidas no site do festival de forma simultânea e ficarão disponíveis online por 24 horas.

Um dos filmes em cartaz é o “Ladeira não é rampa“. Gravado no Rio de Janeiro, o longa narra o dia a dia de Antônio, um skatista que procura fazer suas manobras em uma cidade que não tem pista de skate nem cinema.

Festival Visões Periféricas

Dia: De 15 a 21 de fevereiro

Preço: Gratuito e online

Artes em adesivos

Você sabe o que é sticker art? Essa é uma modalidade de arte urbana que usa etiquetas adesivas como intervenção no espaço público, muito popular na década de 90.

Também como parte da programação especial, na Fábrica de Cultura da Brasilândia, na zona norte da cidade, vai rolar a oficina “Sticker: Uma Manifestação Urbana”, na próxima quinta-feira (17). A proposta é debater o assunto e incentivar a produção de sticker art.

Sticker – Uma Manifestação Urbana

Dia e horário: 7/2 às 14h30

Endereço: Avenida General Penha Brasil, 2.508 – Vila Nova Cachoeirinha

Preço: Entrada gratuita

Além do beat

Integrante do Quebrada Queer, grupo de rap com integrantes LGBTQIA+ vindos de diferentes periferias como Parelheiros, Guarulhos, Jandira e Jardim Martins Silva, Apuke acaba de lançar um trabalho solo.

O EP “Aleatório” possui quatro faixas inéditas e autorais. O projeto foi composto de maneira muito pessoal, trazendo como base as próprias vivências lésbicas da artista, além de destacar reflexões sobre a importância da mulher na indústria musical, sobretudo como produtora, intérprete e compositora.

Apuke lança primeiro EP @Divulgacão

“Esse trabalho serve para exaltar o potencial de uma mulher periférica que aprendeu quase tudo sozinha”, explica Apuke, conhecida por trabalhos anteriores como DJ e beatmaker.

Para a artista, que sempre foi apaixonada por música, o EP surge como uma afirmação de que ela vai além do beat e enfatiza a importância de seguir buscando alternativas para gerar impacto com o seu trabalho.

Pietra Alcântara

Formada em Jornalismo e quase pós graduada em Styling e Direção de Arte. Amante de brechós e moda 0800. Social media que não faz dancinhas (mas se pedir com jeitinho, faz), gosta de gravar stories loucos e assistir vídeos no YouTube. Correspondente da Vila Medeiros desde 2019.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.