• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Como os vereadores de SP usaram as emendas?; ouça o podcast

Levantamento exclusivo feito pela Agência Mural revelou que vereadores de São Paulo priorizaram o envio de verbas para esporte e cultura em seus redutos eleitorais

Nesta segunda temporada, o Em Quarentena” já dedicou um episódio sobre a importância dos vereadores nas periferias e explicou que uma das funções deles é encaminhar emendas para resolver algum problema específico.

A Agência Mural fez um levantamento exclusivo, analisando o envio de emendas parlamentares, que revelou que vereadores de São Paulo priorizaram o envio de verbas para esporte e cultura em seus redutos eleitorais em detrimento à áreas como saúde e turismo.

Paulo Talarico, editor da Agência, relembrou o que são redutos eleitorais. “Basicamente, são os bairros onde determinado vereador foi mais votado. Na capital, têm muitos vereadores que tem uma região específica como seu principal ponto de atuação”. (ouça a partir de 00:38)

De acordo com o levantamento, nos três primeiros anos de mandato, a maior parte deles priorizou mandar dinheiro para obras envolvendo esporte e cultura em vez da saúde, por exemplo.

Talarico completou. “Nos últimos anos, 94 milhões de reais em emendas parlamentares foram enviadas à pasta da cultura, em especial para eventos, e apenas 46,7 milhões para saúde”.  (a partir de 01:18)

Parte desse dinheiro enviado pelos parlamentares foi para reformas em Clubes das Comunidades, chamados de CDCs, que geralmente são administrados por times de futebol dos bairros.

Quem fez todo esse levantamento foi o Matheus Oliveira, correspondente da Agência Mural em São Mateus, na zona leste da capital. Ele compartilhou três posturas distintas dos eleitores que mais lhe chamaram atenção. 

“A primeira era de que as pessoas não gostavam de política, não queriam saber sobre o assunto. A segunda é que elas se interessavam por política mas consideravam um assunto muito distante. E a terceira é que as pessoas sabiam da política e sabiam da importância”. (ouça em 01:36)

Sobre essa terceira postura ele completou. “As pessoas sabiam, principalmente, que os vereadores dos seus redutos, da onde elas moram, são pontes para que o bairro e, logicamente, elas também consigam favores e possam trocar, ter uma moeda de troca com o vereador do bairro”. (em 01:52)

Ele reforçou que é preciso ficar de olho, se as emendas enviadas pelo vereador foi importante para a região e se ele brigou pelas prioridades do bairro, ou apenas quer garantir votos.

Clique aqui e acesse a reportagem do Matheus. No site da Agência Mural você também confere  outros assuntos das periferias da Grande São Paulo, fique atento.

Ouça este bate papo completo no Em Quarentena #20 – Segunda Temporada: Como os vereadores de SP usaram as emendas?

Podcast Em Quarentena

Viver em meio ao coronavírus não deve estar sendo fácil para ninguém. Imagina então para quem vive nas periferias. 

O “Em Quarentena” é o podcast especial que a Agência Mural de Jornalismo das Periferias criou neste momento da pandemia. Queremos informar, com notícias do dia a dia, quem mais precisa se virar meio a esse caos.

Você pode receber o podcast diretamente no seu Whatsapp, enviando um “Oi” para +55 11 9 7591 5260. Ouça também no Instagram, Youtube, Spotify, Deezer, Apple e Google Podcast.

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Grande São Paulo

Comentários