APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Notícias

“Ações de lazer e cultura são individuais e raras”, reclama moradora de São Mateus

Image

Por: Redação

Publicado em 11.08.2016 | 18:42 | Alterado em 11.08.2016 | 18:42

Tempo de leitura: 2 min(s)

No coração da zona leste de São Paulo, os distritos Iguatemi, São Rafael e São Mateus não só compõem a Subprefeitura de São Mateus, mas a tornam também a mais populosa da “ZL”. São nada mais, nada menos do que 426.794 habitantes da região, segundo o último Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Com suas dezenas de “jardins” e “vilas”, o distrito que leva o mesmo nome da subprefeitura é também o mais habitado, com 155 mil pessoas.

Por lá, o Jardim da Conquista foi o bairro mais recente a receber uma nova área de lazer pela subprefeitura. Em junho deste ano, o que antes era um antigo ponto de descarte, agora dá lugar a uma estrutura com equipamentos de ginástica e arborização.

Implantada na rua Somos Todos Iguais, a quantidade de espaços de lazer e cultura na região ainda não parece fazer jus ao nome da via. A Subprefeitura de São Mateus é uma das principais a deter vários “zeros”, segundo o Mapa da Desigualdade. Segundo o estudo, são quase inexistentes a presença de teatros, salas de cinema, museus e centros culturais na região.

É o que também garante a estudante Gabriele Helena, 21, moradora do bairro Vila Flávia, em São Mateus. “São ações individuais e ‘raras’ que acontecem para a comunidade. Não há praças reformadas e equipadas onde seja possível passar a tarde. A opção mais próxima é o Sesc Itaquera ou o Parque do Carmo, ambos na região de Itaquera”, complementa.

Ainda de acordo com a estudante, que também atua em um associação local, iniciativas dos próprios moradores têm ajudado a preencher essa lacuna. “Neste mês tivemos uma oficina de pipa realizada na rua do espaço São Mateus em Movimento, além de uma quermesse, durante três dias. O pessoal se envolveu e muita gente participou”, diz.

Casa de cultura e sala de cinema

Além do novo espaço de lazer em São Mateus, o distrito de São Rafael, onde moram 143 mil pessoas, recebeu em maio deste ano a Casa de Cultura São Rafael — instalada a partir uma série de audiências locais — e uma sala de cinema no CEU São Rafael.

Leia também: Das 32 subprefeituras de São Paulo, 15 não têm salas de cinema

Segundo a Prefeitura de São Paulo, ainda para este semestre está estimada a construção de outra casa de cultura em Guaianases, também na zona leste.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.