APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Notícias

Barueri passa de 100 mortes por Covid-19, e Parque Imperial registra mais vítimas

Município chegou a 105 mortes por Covid-19 e quase mil casos; há 135 pacientes internados nas unidades de saúde da cidade

Image

Por: Paulo Talarico | Ana Beatriz Felicio

Notícia

Publicado em 27.05.2020 | 15:27 | Alterado em 27.05.2020 | 15:54

RESUMO

Município chegou a 105 mortes por Covid-19 e quase mil casos; há 135 pacientes internados nas unidades de saúde da cidade

Image

Bairro do Parque Imperial, em Barueri @Juliana Rodrigues de Oliveira/Arquivo Pessoal

Cidade com uma das maiores taxas de mortes por Covid-19 da Grande São Paulo, Barueri tem visto em bairros das periferias os locais com maior letalidade por causa do novo coronavírus. 

Nesta semana, o município ultrapassou 100 mortes de moradores infectados pelo novo coronavírus. São quase de mil casos no município de 274 mil habitantes. 

O Parque Imperial é a região com maior número de vítimas. Até o dia 22 de maio, foram 12 mortes. O bairro fica espremido entre o limite com a cidade de Osasco, o Rodoanel Mário Covas e o Residencial Tamboré.  

A região fica próxima do Jardim Mutinga, outro bairro com várias ocorrências. Com apenas 27 casos de Covid-19, o bairro teve oito óbitos de moradores nesse período. Uma letalidade maior de que em outros bairros da cidade.  

O Parque dos Camargos, por exemplo, também teve oito vítimas, mas foram 82 casos de Covid-19. No caso de  Alphaville e Alphaville industrial, são 98 doentes e duas mortes. Alphaville é a região mais rica da cidade, onde estão concentradas as empresas da região. 

ESPALHADO

Com 105 mortes até dia 26 de maio, Barueri tem o equivalente a 38 óbitos para cada 100 mil habitantes. Na região metropolitana, a cidade está atrás de Osasco, com 42 por 100 mil habitantes.

A Covid-19 se espalhou por toda a cidade. Há casos confirmados por mais de 80 bairros e vítimas em 35 deles.  

REGIÕES MAIS AFETADAS EM BARUERI (Até 22 de maio)

Bairros Casos Mortes
Alphaville e Alphaville Industrial e Empresarial 98 2
Parque dos Camargos 82 8
Imperial 62 12
Engenho Novo 40 4
Belval 36 0
Tupanci 33 2
Paulista 30 2
Mutinga 29 8
Parque Viana 27 4
Jardim Tupan 23 3

Sobre a situação dos bairros periféricos, a prefeitura de Barueri afirmou que tem feito “campanhas de conscientização, reportagens, vídeos” sobre a necessidade do isolamento social. 

“Também foram interditados brinquedos nas praças e pistas de caminhada, além do patrulhamento da Guarda inibindo aglomerações”, afirma a gestão. 

Nesta terça-feira (26), a cidade tinha mais de 139 pessoas internadas por conta da Covid-19 ou com suspeitas da doença. A gestão diz que tem feito obras na UBS Benedita Carlota, que poderá se tornar um hospital de campanha.

Moradora do Parque Imperial há 10 anos, a estagiária Débora do Nascimento Monção, 23, nota que nem todos estão respeitando o isolamento social.

“Acredito que a maioria dos moradores estejam respeitando, mas na frente da minha casa tem um bar e mesmo com ele fechado, as pessoas que frequentavam o local ainda estão indo lá para ficar conversando. Recentemente vi que até um vizinho tinha feito uma festa”, lamenta.

Nesta quinta-feira (27), o governo do estado anunciou medidas para a retomada da economia. A Grande São Paulo foi classificada com a cor vermelha, o que impede mudanças nas regras de isolamento por enquanto. Na capital, alguns estabelecimentos foram autorizados a reabrirem gradualmente. 

Paulo Talarico

Editor-chefe e cofundador da Agência Mural, é formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em História pela Universidade de São Paulo.

Ana Beatriz Felicio

Jornalista, curiosa, já foi apresentadora do Próxima Parada. Gosta de conhecer pessoas novas e descobrir o que as motiva a acordar todos os dias. Correspondente de Carapicuíba desde 2018.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.