APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Notícias

Cidades da Grande SP aguardam 6 mil resultados de suspeitas da covid-19

Número se refere a cidades que têm divulgado boletins diários. Quantidade de casos pendentes reforça preocupação sobre sistemas de saúde; por outro lado, 1.214 foram descartados

Image

Por: Paulo Talarico

Notícia

Publicado em 02.04.2020 | 14:04 | Alterado em 02.04.2020 | 14:06

A covid-19 tem avançado nas cidades da Grande São Paulo, mas ainda é incerto o tamanho do contágio na região metropolitana. Levantamento da Agência Mural em dados de 28 prefeituras mostra que apenas 20% das suspeitas de contágio pelo novo coronavírus tiveram os exames concluídos. 

As informações foram publicadas por gestões que têm divulgado diariamente o número de novos casos e precauções para os moradores. Não foram encontrados dados nas páginas das outras prefeituras nesta quarta-feira (1º).

Ao todo, foram 8.168 notificações de casos de covid-19. Do total, 325 foram confirmados e houve 27 óbitos da doença. Outros 1.214 casos foram descartados e há 6.4 mil pendentes.

Um dos motivos para a demora é a capacidade para a realização dos testes, que estão concentrados no Instituto Adolfo Lutz. Estima-se que no estado há 16 mil casos pendentes.

O número preocupa não só pelo número de vítimas, mas pela sobrecarga no sistema de saúde das cidades. 

Cidades Casos confirmados Óbitos Casos notificados (suspeitos) Descartados Casos que ainda aguardam resultados
São Paulo 1.183 89 * * *
Santo André 52 2 535 168 315
Osasco 42 2 924 170 712
São Bernardo 37 4 894 116 741
São Caetano 32 1 508 117 359
Mogi das Cruzes 31 1 301 173 97
Guarulhos 30 4 1683 145 1508
Cotia 20 2 347 53 274
Mauá 10 0 340 40 290
Caieiras 10 1 69 21 38
Barueri 9 1 474 29 436
Carapicuiba 8 0 277 16 253
Suzano 7 1 116 67 42
Diadema 4 0 314 48 262
Itapevi 4 2 113 15 94
Arujá 4 109 13 92
Itapecerica da Serra 4 96 24 68
Francisco Morato 4 67 10 53
Cajamar 4 38 8 26
Mairiporã 3 301 6 292
Ribeirão Pires 3 54 18 33
Vargem Grande Paulista 2 1 312 310
Ferraz de Vasconcelos 2 240 11 227
Rio Grande da Serra 2 9 7 0
Embu-Guaçu 1 42 6 35
Juquitiba 0 5 1 4
*São Paulo não tem mais divulgado número de suspeitos, seguindo Ministério da Saúde
Fonte: Agência Mural: Levantamento em páginas de prefeituras da Grande SP

Em Osasco, onde há ao menos 700 casos que ainda aguardam os resultados, o prefeito Rogério Lins (Podemos) estimou que seriam necessários mais três hospitais para dar conta dos atendimentos, caso medidas como o isolamento social não sejam mantidas. 

Ele não foi o único. Ao longo da quarta-feira (1º), vários prefeitos reforçaram as falas de apoio a medidas de distanciamento social e pediram que moradores fiquem em casa. O motivo é evitar o avanço rápido do vírus, o que ameaça os sistemas de saúde.

Além disso, o número de óbitos pode ser maior, segundo algumas administrações, como Diadema, Itapevi e a própria Osasco. Em Barueri, por exemplo, apenas um caso foi confirmado com a doença. No entanto, outras 17 mortes no Hospital Municipal da cidade tiveram sintomas da covid-19 e seguem em investigação. 

Os baruerienses também citam que há 28 internados com suspeita e 16 na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). 

Cidade mais populosa da Grande São Paulo, Guarulhos tem a maior quantidade de notificações com 1683. Destes apenas 30 tiveram resultado positivo e 145 descartados. Mais de 1.500 aguardam o resultado. 

O município com mais confirmações, contudo, é Santo André, no ABC Paulista, com 52 casos, entre 535 suspeitos. A vizinha São Bernardo teve 37, entre eles o prefeito Orlando Morando (PSDB), que está internado na UTI de um hospital em São Caetano do Sul.

Image

Moradores utilizando máscaras se tornou comum nos últimos dias; na capital são mais mil casos @Léu Britto/Agência Mural

O número de casos notificados e que aguardam confirmação deixaram de ser informados pelo Ministério da Saúde e pelo Governo do Estado. Ambos passaram a divulgar apenas as confirmações e as vítimas.  Até quarta-feira (1º), a capital contabilizava 1.183 casos confirmados e 89 mortes. 

A Secretaria de Saúde do Estado criou um portal que traz estatísticas sobre a covid-19. No entanto, ainda há defasagem nos dados desses municípios. A pasta afirmou que atualiza conforme as prefeituras fazem a notificação.

Paulo Talarico

Editor-chefe e cofundador da Agência Mural, é formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em História pela Universidade de São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.