• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Como pesquisar qual unidade de saúde ir se eu tiver suspeita de coronavírus

Quando há suspeita de coronavírus, moradores nas periferias devem procurar as unidades mais próximas, diz Secretaria Municipal de Saúde

O estagiário em publicidade Rafael Fernandes Bertoldo, 25, começou a sentir alguns sintomas da covid-19. Uma das primeiras ações foi procurar a UBS Inácio Monteiro, a unidade de saúde mais próxima de casa, em Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo.

Como aconteceu com ele, na cidade de São Paulo, os postos de saúde dos bairros são a porta de entrada para quem apresenta sintomas comuns da doença, como febre, tosse e dificuldade de respirar.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde, as pessoas que apresentam os sintomas do vírus podem procurar uma das 468 UBS (Unidades Básicas de Saúde) da Prefeitura. A prefeitura possui o site buscasaude.prefeitura.sp.gov.br/ para a pesquisa da unidade mais próxima a partir do endereço. 

A rede de emergência, composta por hospitais e prontos-socorros devem ser reservados para os casos mais graves de saúde e para quem pertence aos grupos de risco, tais como pessoas com idade a partir de 60 anos e os portadores de doenças crônicas graves e pacientes que passam por tratamentos como quimioterapia.

O motivo da orientação é evitar a superlotação dos pronto-socorros do município e para suportar o aumento da demanda por conta dos casos confirmados da covid-19.

QUANDO IR À UNIDADE DE SAÚDE?

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), estudos indicam que 90% dos casos de covid-19 são mais leves, como os de um resfriado ou uma gripe. As informações podem ser consultadas nos postos de saúde.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, as pessoas que tiveram contato com casos suspeitos de coronavírus e apresentem sintomas como febre, tosse e dificuldade para respirar, devem procurar o serviço de saúde mais próximo de sua casa. 

Ao perceber os sintomas, no deslocamento até o posto de saúde, recomenda-se o uso de máscara comum descartável (cirúrgica), evitar o transporte público e manter as recomendações de etiqueta respiratória quando for tossir ou espirrar.

No local, o profissional de saúde fará a avaliação dos sintomas e, em caso possível de infecção, solicitará a coleta de material para diagnóstico da doença. Caso seja confirmado e não tenha necessidade de internação, a orientação ao paciente é manter o isolamento domiciliar até a ausência total dos sintomas.

Durante o período de isolamento, é indicado repouso e consumo de água para manter a hidratação, além de medidas para aliviar os sintomas, como o uso de medicamentos para dor e febre. Os pacientes com sintomas mais intensos podem ser hospitalizados, seguindo as recomendações médicas.

UBS NAS PERIFERIAS

Segundo o Mapa da Desigualdade, a região com mais unidades de saúde disponível na cidade é Marsilac, no extremo sul de São Paulo, com 3 para cada 10 mil habitantes. A Vila Andrade, distrito que abriga a favela de Paraisópolis, conta com cinco unidades e uma média de 0,3 para cada 10 mil moradores.

Confira a lista completa de endereços aqui e o site da prefeitura para buscas.

Lucas Veloso

Jornalista, cofundador e correspondente de Guaianases desde 2014. É apresentador da live Rolê na Quebrada.

Guaianases, São Paulo

Comentários