Confira 13 eventos para aproveitar o novembro negro nas periferias de SP

Rolê na Quebrada mostra eventos que vão rolar pelas periferias de SP

Semana do dia da consciência negra e a Agência Mural traz uma lista com uma porção de eventos sobre o tema para você que já conhece e para você que quer conhecer mais sobre a cultura e a luta dos afrodescendentes no Brasil. 

Afinal, como disse a filósofa Angela Davis “Numa sociedade racista, não basta não ser racista. É necessário ser antirracista.” Tem bloco Afro Afirmativo, tem dança afro-brasileira, tem shows, festas e roda samba. Bote na agenda:

Receba nossa newsletter!

ZONA NORTE 

As Bahias e a Cozinha Mineira – Vila Nova Cachoeirinha

A banda indicada em 2019 para o Grammy Latino possui fortes influências de Gal Costa e do Clube da Esquina, e busca na música identificar as formas de expressão das mulheres. Abertura da cantora Heloisa Lucas.

Quando: Sábado (23), às 19h
Onde: Centro Cultural da Juventude, Av. Dep. Emílio Carlos, 3641
Quanto: Gratuito

Afrika Queens – Brasilândia

Afrika Queens é uma festa sobre ancestralidade que irá prestigiar a cultura preta.

Nesta edição terá pockets shows das cantoras Má Dame Satan, Mya Florêncio. No comando das pickups estarão as Dj’s Vitória e Milena.

Quando: Sábado (23), às 14h
Onde: Fábricas de Cultura Brasilândia, Av. Gen. Penha Brasil, 2508
Quanto: Gratuito

Crédito: DivulgaçãoIlu Inã se apresenta na zona sul de São Paulo

ZONA SUL

Caravana Preta do Bloco Ilu Inã – Campo Limpo

O Bloco Afro Afirmativo Ilu Inã é uma criação da musicista Fefê Camilo e do compositor  Fernando Alabê. O bloco visa o reencontro cultural das matrizes africanas com a população afrodescendente de São Paulo por meio da expressão pela dança, dos arquétipos dos orixás e pela música.

Quando: Sábado (23), às 16h
Onde: Fábrica de Cultura Campo Limpo, R. Aroldo de Azevedo 100.
Quanto: Gratuito

Liniker e os Caramelows – Grajaú

Em 2015, Liniker conheceu alguns músicos em Araraquara, interior de São Paulo, e, após surgir uma amizade e afinidade artística, a cantora propôs que formassem uma banda. Nascia Liniker e os Caramelows, grupo que lançou o primeiro EP em 15 de outubro, Cru, embalado pelo primeiro single, “Zero”.

Quando: Sábado (23), às 19h
Onde: Centro Cultural do Grajaú, R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252
Quanto: Gratuito

ZONA LESTE

Jongo dos Guaianás – Guaianazes

Tombado como Patrimônio Cultural Brasileiro, o Jongo chama todos e todas a entrarem na roda para cantar e dançar ao som dos batuques do Tambu e do Candongueiro. A Roda de Jongo dos Guaianás busca valorizar a cultura popular e evitar a dispersão de grupos e tradições.

Quando: Domingo (24), às 17h
Onde: Casa de Cultura Municipal de Guaianazes, R. Castelo de Leça, S/N
Quanto: Gratuito

Tuyo – Itaquera

Com uma estética que une voz, beat e outros elementos a temas existenciais, a Tuyo é formada por Machado, Lio e Lay Soares. No álbum “Pra Curar”, o trio desenvolve o estilo contemplativo apostando em um trabalho vocal audacioso, letras abstratas e beats mais complexos. 

Quando: Domingo (24), às 15h30
Onde: Sesc Itaquera, Av. Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1000
Quanto: Gratuito

ZONA OESTE

Quilombo Abayomi – Jd. Peri-Peri

O Quilombo Abayomi  trabalha o corpo e o movimento como linguagem de comunicação e expressão, articulando as referências trazidas pelas matrizes africanas em diálogo com as questões e realidades do nosso contexto atual. O grupo apresenta o espetáculo na Casa de Cultura do Butantã.

Quando: Sábado (23), às 19h
Onde: Casa de Cultura do Butantã, Av. Junta Mizumoto, 13
Quanto: Gratuito

ZONA NOROESTE

Aniversário CEU Pêra-Marmelo – Jaraguá

O aniversário do CEU Pêra-Marmelo terá apresentações de grupo de samba, dupla sertaneja, banda de MPB e ainda brinquedos infláveis, espaço gastronômico e uma mostra cultural.

Quando: Sábado (23), às 10h
Onde: CEU Pêra-Marmelo, R. Pêra Marmelo, 226 
Quanto: Gratuito

CENTRO

Samba do Congo – Santa Cecília

A Frente de Resistência Cultural Samba do Congo Morro Grande começou em abril de 2011, com objetivo difundir, valorizar e incentivar a arte por meio da composição musical e do samba autêntico. As apresentações buscam resgatar a raiz do samba paulista e a cultura afro-brasileira. 

Quando: Sexta-feira (22), às 20h
Onde: Boteco da Dona Tati, R. Brig. Galvão, 639.
Quanto: Gratuito

África em nós – Cerqueira César

Músicos de diferentes nacionalidades e estilos unem-se para criar coletivamente uma apresentação. Escolhidos a partir de uma convocatória feita em parceria com o Festival Feira Preta, o projeto reúne o percussionista Boris Reine-Adelaide (Martinica), o baterista Charles Arche Borromee Obas (Haiti), o cantor e produtor Pyroman (Congo), o cantor Pupa Kanda (Angola) e o guitarrista e cantor Zola Star (Congo/Angola).

A apresentação também terá a participação do trompetista brasileiro Rômulo Alexis, do cantor congolês Bukassa Kabengele, da cantora, bailarina e compositora guineana Fanta Konate, e dos brasileiros Rômulo Alexis (trompete) e Lua Bernardo (baixo).

Quando: Domingo (24), às 16h
Onde: Instituto Moreira Salles, Av. Paulista, 2424
Quanto: Gratuito

GRANDE SÃO PAULO

Sarau Consciência Negra/ Sarau da Massa – Santana de Parnaíba

União da Sufruto, associação cultural que atua em Santana de Parnaíba, e o Coletivo Sarau Da Massa, de Cajamar, o Sarau da Consciência Negra vai reunir artistas e poetas da região. A ideia é estimular a atuação de vozes de escritores e músicos ocultos da periferia. 

Quando: Sábado (23), às 17h
Onde: Coreto Maestro Bilo,  Praça XIV de Novembro, S/N
Quanto: Gratuito

5ª Edição do Festival de Resistência – São Bernardo do Campo

Chegou a hora da 5ª Edição do Festival de Resistência, a festividade de final de ano da Batalha da Matrix, em São Bernardo do Campo. A celebração nasceu por conta da violência.

Em 2019 celebram a existência e buscam demonstrar a variedade de artistas que existem na cidade e na região, e que também estão em meio ao público da Matrix, como resposta às repressões. Terá batalhas de Mc´s, break, circo, grafite com Dalsin e Léo Araújo, e ainda apresentações de Dj Murilex & Geovanna Nunciato, Buia Kalunga e muito mais.

Quando: Domingo (24), às 14h
Onde: Praça da Matriz, S/N
Quanto: Gratuito

Festival Favela da Arapuã – Osasco

O Festival Favela Da Arapuã Osasco – Cultural Casa, busca promover o acesso a cultura, educação, esporte e lazer nas favelas e nas periferias integrando as comunidades. Com a participação de Jalamaica Sounds, Nebulosa Sound e muitas outras atrações.

Quando: Domingo (24), às 10h
Onde: Cultural Casa, R. Antônio Ricardo Ventura Nitão
Quanto: Gratuito

André Santos

Jornalista, correspondente do Jardim Fontalis desde 2017. Integrante do Coletivo Favela em Cena de teatro (ator e diretor). Ama carnaval e jura que é baiano (tem que checar isso aí, ok?).

Jd. Fontalis, São Paulo

Comentários