APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
32xSP

Demanda por grandes obras marca a audiência do Plano de Metas em São Miguel

Image

Por: Redação

Publicado em 16.04.2017 | 15:49 | Alterado em 16.04.2017 | 15:49

Tempo de leitura: 2 min(s)

Apesar dos muitos elogios ao início da gestão João Doria (PSDB), a audiência pública do Plano de Metas que ocorreu em São Miguel no último sábado (8) revelou uma alta demanda por grandes obras, indicando uma tendência contrária ao que propõe o Plano apresentado pelo prefeito de São Paulo.

Dentre as maiores necessidades apresentadas pelos moradores, o desafogamento do trânsito na área central foi o mais lembrado. “O trânsito é um dos maiores problemas aqui de São Miguel. Precisamos desafogar a avenida Marechal Tito, no centro, com a extensão da avenida do Imperador. É único jeito de fazer o bairro andar”, disse o comerciante Vitor Santos, 58.

Leia as reportagens do Especial Plano de Metas 2017-2020

Já para Sílvio Pena, 69, morador da região do Parque Pedro José Nunes, o Plano deveria abordar a construção do Parque Primavera, reivindicação antiga de quem mora por ali. “Antes era um lixão lá, e convivemos com ele por muitos anos. Agora, a prefeitura precisa nos entregar o parque até como reparação histórica”. Porém, o aposentado não crê que seu pedido será atendido. “Acho que vou morrer sem poder ver esse parque”, lamenta.

Na área da Cultura, a construção de um centro cultural na região, carente de equipamentos desse tipo, foi amplamente requisitada. O cantor Wagner Ufracker, 41, defensor do projeto, destacou que essa obra teria um grande potencial de inclusão social.

Dentre as muitas demandas levantadas pelos moradores, a criação da Prefeitura Regional do Jardim Helena também marcou o evento. Com 90 mil moradores, o distrito é totalmente separado de São Miguel pela linha férrea da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), possuindo apenas uma única e estreita ligação viária.

O vereador Milton Ferreira (PTN), que é médico e atua na região há mais de 22 anos, também opinou na audiência. Para ele, o Plano deveria enfatizar a melhoria da saúde para a população de baixa renda. “Já teve relatos de crianças que falecerem na região por falta de vacinas. Não podemos mais deixar isso acontecer”, destacou.

A audiência pública em São Miguel foi aberta pelo secretário da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato. Além dele, a mesa foi composta também pela secretária adjunta da Pessoa com Deficiência, Marinalva Cruz, e pelo prefeito regional, Edson Marques. “Estou muito orgulhoso dessa audiência de hoje, porque tivemos grandes contribuições em todas as áreas. Com certeza, a região foi muito bem representada”, afirmou o prefeito.

Você ainda pode enviar sugestões ao Plano de Metas. Veja aqui como.

Foto: Milton Jung/ Flickr

receba o melhor da mural no seu e-mail

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.