Quase 500 mil não fizeram biometria obrigatória na Grande SP; maioria é de Taboão da Serra

Ao todo, eleitores de 15 cidades precisam fazer o recadastramento até 19 de dezembro com o risco de não poder votar ano que vem

Quase 500 mil eleitores na Grande São Paulo correm o risco de não poder votar para prefeito e vereador em 2020. Este é o número de moradores que ainda não realizaram o cadastro biométrico, obrigatório em 15 cidades da região metropolitana. 

Mais de 38% dos 1,2 milhão de eleitores desses municípios ainda não foram ao Cartório Eleitoral. A cidade que possui o maior número de pendências é Taboão da Serra – 93 mil dos 212 mil eleitores não fizeram o cadastramento.

Receba nossa newsletter!

Os dados são do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) solicitados pela Agência Mural. Em 2018, a falta de cadastramento levou Guarulhos a ter 148 mil títulos de eleitor cancelados. Por lá, a biometria obrigatória foi realizada até 2017 para valer para a disputa do ano passado. 

Neste ano, a Justiça Eleitoral deu como prazo o dia 19 de dezembro para moradores de 479 cidades no estado. Dentre elas estão municípios da Grande São Paulo como Cajamar, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Itapecerica da Serra, Jandira, Juquitiba, Mairiporã, Poá, Ribeirão Pires, Salesópolis, Santa Isabel, São Caetano do Sul, São Lourenço da Serra e Taboão. 

CIDADES QUE TÊM CADASTRAMENTO OBRIGATÓRIO DA BIOMETRIA NA GRANDE SP

Município Eleitorado Fez biometria Não fez a biometria
% sem biometria
Cajamar 63.394 42.581 20.813 32,8
Embu-Guaçu 54.930 38.668 16.262 29,6
Ferraz de Vasconcelos 128.613 74.071 54.542 42,4
Francisco Morato 124.068 84.880 39.188 31,6
Itapecerica da Serra 117.614 64.279 53.335 45,3
Jandira 79.448 45.964 33.484 42,1
Juquitiba 23.393 14.039 9.354 40,0
Mairiporã 62.137 42.032 20.105 32,4
Poá 93.800 54.200 39.600 42,2
Ribeirão Pires 90.350 56.511 33.839 37,5
Salesópolis 15.150 11.193 3.957 26,1
Santa Isabel 42.164 30.322 11.842 28,1
São Caetano do Sul 139.747 89.455 50.292 36,0
São Lourenço da Serra 12.093 6.918 5.175 42,8
Taboão da Serra 211.589 117.970 93.619 44,2
Total 1.258.490 773.083 485.407 38,6

Depois dos taboanenses, os municípios de Itapecerica da Serra e Ferraz de Vasconcelos aparecem com maior número de eleitores sem cadastro, com mais de 50 mil. Em contrapartida, municípios com menos habitantes como Embu-Guaçu e Salesópolis alcançaram 70% do cadastramento. 

Quem não fizer a biometria nesses municípios, até o prazo final definido, terá seu título de eleitor cancelado. Para votar nas eleições 2020, o eleitor que estiver com o título cancelado precisará comparecer ao cartório eleitoral para regularizar sua situação”, afirma o TRE (Tribunal Regional Eleitoral). 

Na capital, dos 8,9 milhões de eleitores, 4 milhões ainda não fizeram a biometria. No entanto, os paulistanos ainda não têm obrigatoriedade de fazer o cadastro para votar em 2020.

Para fazer o cadastramento é preciso agendar no site da Justiça Eleitoral. 

Quando era tudo mato: imagens registradas há 80 anos mostram formação das cidades na Grande SP

 

Paulo Talarico

Editor-chefe de jornalismo, cofundador e correspondente de Osasco desde 2011. Formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu, tem pós-graduação em jornalismo esportivo e curso técnico de locução para rádio e TV. Atualmente, estuda História na Universidade de São Paulo. Gosta de café, Osasco, livros, futebol e cinema.

Osasco

Comentários