• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Eleições em Itapecerica da Serra: quem são os candidatos em 2020

Situada no sudoeste da Grande São Paulo, a cidade com 119 mil eleitores tem nove candidatos na disputa da Prefeitura; dentre eles os atuais prefeito e vice-prefeito

Neste domingo (15) o candidato Doutor Nakano (PL) foi eleito prefeito de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. Ele recebeu 47,8% dos votos válidos e superou o atual prefeito Jorge da Costa (PTB), que obteve 25,56%. Jonas Donizete (Avante) ficou em terceiro com 12% dos votos. Por haver menos de 200 mil eleitores, o município não tem segundo turno. 

QUEM DISPUTOU A ELEIÇÃO

As eleições em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, têm nove candidatos na disputa pela prefeitura. Para a Câmara dos Vereadores, 283 políticos buscam uma das 12 vagas no legislativo. A cidade de 119 mil eleitores vota em 15 de novembro. 

Itapecerica fica na região sudoeste e tem eleição com dez candidatosDivulgação

Eleito em 2016, o prefeito Jorge Costa (PTB) busca a reeleição com o apoio de oito partidos. Ele marca presença nas eleições municipais desde a década de 1990 e está cumprindo o quarto mandato no comando do município. Assumiu a prefeitura após ser eleito vice em 1989. Foi foi eleito prefeito mais três vezes em 2004, 2008 e 2016. Seu candidato a vice é o vereador Ramon Corsini (PSDB). (Proposta de governo registrada por Jorge Costa)

Entre os adversários está o vice-prefeito Prof. Paulinho (DEM) que conta com três partidos na coligação. Doutora Tamara (PSB) é a candidata a vice. (Proposta de governo registrada por Prof. Paulinho)

Quem também está na corrida eleitoral é o ex-prefeito Prof. Erlon Chaves (PMN) com a candidata a vice Vovó Cida (PMN). Ele comandou a cidade em 2012 e não conseguiu se reeleger em 2016, ficando na quinta posição entre os adversários. 

Nesta disputa, Erlon Chaves teve sua candidatura indeferida com recurso, mas seu nome e foto constam na urna. (Proposta de governo registrada por Prof. Erlon Chaves)

Dentre as candidaturas, apenas uma é encabeçada por uma mulher. Ela é Kátia Trindade (PSOL) que escolheu para vice Mariana Busatta, da mesma legenda.  (Proposta de governo registrada por Kátia Trindade)

O vereador Professor Jonas Feijó (PSD) também está disputando o comando da cidade ao lado de Leda Aschermann (PV). (Proposta de governo registrada por Professor Jonas Feijó)

O PL lançou Doutor Nakano que nas eleições passadas amargou o segundo lugar pelo PDT e, em 2012, foi vice-prefeito pelo DEM na chapa de Erlon Chaves. Seu candidato a vice é Rafael (Pode).  (Proposta de governo registrada por Doutor Nakano

A escolha do PT para a corrida eleitoral foi o Professor Elias. Em 2016, ele disputou a prefeitura pelo PSOL e obteve o terceiro lugar. O vereador Pastor Ernandes, também do PT, é o candidato a vice. (Proposta de governo registrada por Professor Elias)

Encerram a lista, Djalma Almeida (DC) com Richad do Turismo vice. (Proposta de governo registrada por Djalma Almeida) e Jones Donizette (Avante), cujo vice é Adilson Hengles. (Proposta de governo registrada por Jones Donizette). 

A campanha começou oficialmente em 27 de setembro e os candidatos podem gastar pouco mais de R$ 542 mil para fazer campanha. 

VEJA TAMBÉM:
Veja quanto podem gastar candidatos a prefeito e vereador na Grande SP.
Confira a cobertura das eleições 2020 nas periferias da Agência Mural

Ira Romão

Jornalista e fotógrafa, correspondente de Perus desde 2018. Atuou quase 10 anos em comunicação corporativa, dedicando-se à responsabilidade social e jornalismo corporativo. Apaixonada por contar histórias e registrar pessoas e momentos por meio da fotografia.

Perus, São Paulo

Comentários