• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Eleições em Rio Grande da Serra: quem são os candidatos em 2020

Situada no ABC da Grande São Paulo, a cidade com 35 mil eleitores tem cinco candidatos na disputa da Prefeitura

As eleições em Rio Grande da Serra, cidade do ABC, na Grande São Paulo, tem cinco candidatos na disputa pela prefeitura. Para a Câmara dos Vereadores, 237 políticos buscam uma das 13 vagas no legislativo. A cidade de 35 mil eleitores vota em 15 de novembro e por lá não haverá segundo turno. 

Na corrida eleitoral deste ano, o PSDB que venceu quatro eleições municipais consecutivas ficou de fora da disputa. O atual prefeito, Gabriel Maranhão, completa o segundo mandato, mas trocou de sigla e faz parte do Cidadania.

Rio Grande da Serra, no ABC Pauilsta, tem disputa neste domingoReprodução/Facebook

A vice-prefeita Professora Marilza (PSD), que está no cargo desde 2012, está nesta corrida eleitoral e é a única mulher que encabeça uma chapa. Ela conta com a maior coligação, com oito legendas. Helenice Arruda (PL) é a candidata a vice. (Proposta de governo registrada por Professora Marilza

Entre os adversários estão, sem coligação, os ex-prefeitos Ramón Velázquez (PT) com a vice Sandra Perillo, também do PT. (Proposta de governo registrada por Ramón Velázquez) e José Teixeira (PSL) com Cida da Terceira Idade (PSL) para vice. A candidatura de Teixeira está indeferida com recurso, e ele tenta reverter a decisão. O nome aparecerá na urna, mas a votação será guardada até o julgamento. (Proposta de governo registrada por José Teixeira)

O Podemos escolheu o ex-vereador Claudinho da Geladeira que está concorrendo à prefeitura da cidade pela terceira vez. Em 2016, quando ainda era filiado ao PT, ele foi o segundo colocado, perdendo para o candidato tucano. Cinco partidos estão na coligação e Penha Fumagalli (PTB) é a candidata a vice. (Proposta de governo registrada por Claudinho da Geladeira

Quem também está na disputa é o vereador Akira Auriani (PSB), cuja vice é Paula Souza (Rede). A candidatura está sendo apoiada por quatro partidos. (Proposta de governo registrada por Akira Auriani)

A campanha começou oficialmente em 27 de setembro e os candidatos podem gastar pouco mais de R$ 252 mil para fazer campanha. 

VEJA TAMBÉM:
Quanto podem gastar candidatos a prefeito e vereador na Grande SP.
Confira a cobertura das eleições 2020 nas periferias da Agência Mural

Ira Romão

Jornalista e fotógrafa, correspondente de Perus desde 2018. Atuou quase 10 anos em comunicação corporativa, dedicando-se à responsabilidade social e jornalismo corporativo. Apaixonada por contar histórias e registrar pessoas e momentos por meio da fotografia.

Perus, São Paulo

Comentários