• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Eleições em São Caetano do Sul: quem são os candidatos em 2020

Situada na região do ABC, município tem mais de 142 mil eleitores e oito candidatos na disputa à Prefeitura; mulheres só aparecem como vice

As eleições em São Caetano do Sul, na região do ABC, na Grande São Paulo, têm oito candidatos na disputa pela prefeitura. Para a Câmara dos Vereadores, 377 políticos buscam uma das 19 vagas no legislativo. A cidade de 142 mil eleitores vota em 15 de novembro. Por ter menos de 200 mil habitantes, ela não contará com segundo turno. 

Eleito prefeito da cidade pela terceira vez em 2016, Auricchio (PSDB) busca outra reeleição, com o apoio de cinco partidos na coligação. Porém, ele está com a candidatura indeferida e recorre da decisão na Justiça Eleitoral. Segundo o TSE, ele foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa (LC 64/90).

Auricchio foi prefeito de 2005 a 2012 pelo PTB e voltou ao poder em 2017 pelo PSDB. Nestas eleições, seu candidato a vice é o vereador Dr. Seraphim (PL), que de 2012 para cá passou pelos partidos PPS (atual Cidadania) e DEM. (Proposta de governo registrada por Auricchio)

Com 142 mil eleitores, cidade tem prefeito em busca do quarto mandato | Divulgação/PMSC

Com nove partidos na coligação, o ex-vereador Fábio Palacio (PSD) está na disputa pela segunda vez consecutiva. Nas eleições passadas, ficou em terceiro lugar pelo PR, com 20% dos votos. O vice é Saul Klein, também do PSD. (Proposta de governo registrada por Fábio Palacio)

A Rede lançou Casonato para prefeito e Sara Jane Zanetti vice. Ela disputou o comando da cidade nas eleições de 2016, mas não obteve nem 1% dos votos. (Proposta de governo registrada por Casonato)

Três partidos estão apoiando Nilson Bonome (PSL) que, aliás, em 2012 disputou pelo PMDB a prefeitura de Santo André, outra cidade do Grande ABC. Tatiane Varjão (MDB) é a candidata a vice. (Proposta de governo registrada por Nilson Bonome)

Outro candidato à Prefeitura de São Caetano do Sul que também marcou presença nas eleições municipais passada foi Horácio Neto (PSOL), mas na ocasião ele disputou uma vaga no legislativo. Este ano, ele disputa o comando do Executivo ao lado de Rafa Ensinas (PSOL). (Proposta de governo registrada por Horácio Neto). 

Também estão na disputa João Moraes (PT) que tem como o vice a ex-vereadora Professora Vera Severiano (Proposta de governo registrada por João Moraes); Mário Bohm (Novo) com Andréa Giugliani para vice (Proposta de governo registrada por Mário Bohm) e Thiago Tortorello (PRTB) com a vice Caroline Guerini.  (Proposta de governo registrada por Thiago Tortorello)

A campanha começou oficialmente no dia 27 de setembro e os candidatos podem gastar cerca de R$ 2 milhões para fazer campanha.

VEJA TAMBÉM:
Mais de 30 candidatos às prefeituras foram considerado inelegíveis; São Caetano e Ribeirão Pires vivem incertezas
Veja quanto podem gastar candidatos a prefeito e vereador na Grande SP
Confira a cobertura das eleições 2020 nas periferias da Agência Mural

Ira Romão

Jornalista e fotógrafa, correspondente de Perus desde 2018. Atuou quase 10 anos em comunicação corporativa, dedicando-se à responsabilidade social e jornalismo corporativo. Apaixonada por contar histórias e registrar pessoas e momentos por meio da fotografia.

Perus, São Paulo

Comentários