APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Rolê

Em meio à pandemia, Thiago Toes cria filtro no Instagram com realidade aumentada

Artista visual de São Bernardo do Campo apostou nas redes sociais para criar "Experiencial" e recebeu mais de 146 mil visualizações

Image

Notícia

Publicado em 04.09.2020 | 18:44 | Alterado em 09.09.2020

Tempo de leitura: 3 minutos
Image

Thiago Toes é artista visual e encontrou nos filtros uma forma de continuar apresentando trabalho @Bernardo Guerreiro/Agência Rowena

Com o avanço do novo coronavírus no país, muitos eventos culturais em museus e instituições artísticas tiveram que ser cancelados para evitar a aglomeração e o contágio da doença.

A situação afetou artistas que tinham exposições agendadas, obras prontas e não puderam expor. No entanto, alguns usaram a tecnologia por meio das redes sociais para ter mais visibilidade e interação com o espectador. 

É o caso do artista visual Thiago Henrique Fernandes, 34, mais conhecido como Thiago Toes. Ele produziu “Experiencial”, uma exposição que estava programada para o início de maio e foi cancelada. 

Ao saber do impasse, Toes conversou com um amigo produtor Luan Cardoso que sugeriu a ideia da criação de um filtro no Instagram para colocar a produção, e indicou o programador Adriano “Fino”, que organiza esses trabalhos.

Como Toes tinha um projeto de fazer uma obra artística com realidade aumentada, o filtro proporcionou essa possibilidade.

Na primeira semana, o recurso recebeu mais 88 mil visualizações. Agora está com mais de 146 mil acessos na plataforma, visto por crianças, jovens e idosos. “Fiquei surpreso com a notícia, não imaginei que conseguiria nem a metade. Na internet, o céu é o limite, quero continuar gerando conteúdo digital”, ressalta. 

Image

Filtro traz a imagem da galáxia na frente dos olhos e pode ser usado para stories @Arquivo Pessoal

A obra criada junto com o programador Adriano pode ser vista de duas maneiras: pela câmera frontal e câmera traseira do celular, o usuário vê com a fenda no rosto as estrelas, o universo, e faz uma alusão entre o espaço e o tempo. Para isso, é preciso acessar o perfil do artista no Instagram e clicar no smile – 

“O custo foi bem menor do que uma exposição, mudei minhas redes sociais para profissional, dessa forma conseguiria ter mais acessos. Não tem como comparar com um trabalho de um ano que seria pinturas em telas, e esculturas”, diz.

Thiago Toes é morador do bairro Rudge Ramos,em São Bernardo do Campo. Nasceu em Curitiba e desde os dois anos de idade reside na região do ABC. Ele trabalha há oito anos na área de artista visual, foi assistente da artista multimídia Lúcia Koch. 

Os irmãos grafiteiros Otávio Pandolfo e Gustavo Pandolfo (Os Gêmeos) são referências para a criação das obras.

A ideia de colocar a fenda surgiu em um curso de extensão. O artista fez um trabalho sobre no estudo da teoria das cordas, realizada no Campus Santo André da UFABC (Universidade Federal do ABC).

“O nome “Experiencial” tem o caráter de experiência, interação do momento em que estamos vivendo, articulando conceitos material, físico e virtual. E os quatros pontos que formam a sensação tátil cognitiva, visual, a única que não tem é o olfato”, diz. 

Toes continuou produzindo mesmo na quarentena. Tinha previsto para o segundo semestre de um edital do Sesi no interior de São Paulo, onde faria dois murais e um workshop para crianças, além de fazer uma arte na lateral de um prédio. A ação ficou para 2021.

A exposição no espaço físico da Casa do Olhar Luiz Sacilotto, em Santo André, segue sem data definida e será reagendada conforme as normas dos órgãos competentes. Toes tem divulgado o trabalho no Facebook e no Instagram além do site. 

Kátia Flora

Jornalista. Gosta de cinema, viagens e animais. Correspondente de São Bernardo do Campo desde 2014.

Republique

Faça com que essa história chegue para mais pessoas.

Republique o nosso conteúdo gratuitamente.

Regras:

Os títulos podem ser modificados desde que não mude o contexto;

Os textos devem ser publicados como estão na versão original, sem edição ou cortes;

Todas as republicações devem dar crédito para a Agência Mural e também os créditos dos profissionais envolvidos em sua produção, conforme aparece na publicação original;

As fotografias e outras imagens/artes podem ser republicadas com os devidos créditos;

Os vídeos republicados não devem passar por nenhum tipo de edição, devem conter os créditos da Agência Mural; para transmissão na TV, é preciso enviar um pedido para contato@agenciamural.org.br.

Reportagens publicadas no site www.agenciamural.org.br não podem ser revendidas.

Se possível, os materiais republicados devem mencionar o perfil da Mural nas redes sociais.

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.