APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
No Corre

Expo Favela começa nesta sexta-feira (15) com promessa de reunir quebradas e investidores

Feira de negócios terá três dias de duração. Confira alguns dos expositores das periferias de SP

Image

Por: Redação

Notícia

Publicado em 14.04.2022 | 17:26 | Alterado em 14.04.2022 | 17:26

Realizada em São Paulo nos dias 15, 16 e 17 de abril, a Expo Favela busca ser o ponto de encontro entre empreendedores das favelas e potenciais investidores. O evento é organizado pela Favela Holding e promovido pela Central Única das Favelas (CUFA).

O encontro terá como abertura a apresentação de uma pesquisa do DataFavela sobre a situação das favelas em 2022. Depois serão realizadas conferências, palestras, oportunidades de negócios e network, com ingressos que variam de R$ 15 a R$ 30.

A programação, que terá nomes como Emicida, além dos organizadores como Celso Athayde, também conta com a participação de alguns empreendedores das quebradas da capital.

Entre eles, Willian André Alves, CEO da marca de moda Afroperifa, de Perus, na zona norte da cidade. O projeto é voltado para o público preto e periférico. Willian conduzirá a palestra “Afroempreendedorismo na quebrada”, no sábado (16), às 16h.

No mesmo horário, a estilista Cintia Faustino Felix fala de impacto socioambiental por meio da moda. A palestra “ESG aplicado a negócios de moda” também será no sábado (16), às 16h.

De Guarulhos, na Grande São Paulo, a musicoterapeuta Adriana Freires Aragão, cofundadora do Ilú Obá de Min (Educação, Cultura e Arte Negra), comanda a palestra “Pobre, preta, mulher e macumbeira: e agora?”, também no sábado (16).

Cria da Vila Clara, em Cidade Ademar, na zona sul de São Paulo, o cineasta e podcaster, Valter Rege, trabalha com cinema desde os 13 anos de idade. Ele conduzirá a mesa “Da favela para as telas”, no domingo (17), em que aborda pessoas negras no mercado audiovisual.

Criador do app “Todas Por Uma”, de combate à violência contra a mulher, Mateus de Lima Diniz participa da conversa “Três meninos combatendo agressores através da tecnologia”, na sexta-feira (15), às 18h. O app foi desenvolvido na Etec Prof. Horácio Augusto da Silveira, na Vila Guilherme, zona norte da capital.

Expo Favela

Data e horário: Dias 15, 16 e 17 de abril, das 10h às 22h

Endereço: WTC Av. das Nações Unidas, 12551 – Cidade Monções, São Paulo

Mais informações: http://www.expofavela.com.br

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.