APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Image

Família Roller reúne 50 patinadores pelas ruas de Itaquera, na zona leste de SP

Na Cohab José Bonifácio, grupo criou hábito da patinação e oferece treino para crianças e adolescentes na região

Por: Gabriel Lopes

Notícia

Publicado em 14.03.2022 | 9:07 | Alterado em 15.03.2022 | 10:36

A Praça Brasil é uma das principais áreas de lazer para crianças e jovens na Cohab José Bonifácio, em Itaquera, na zona leste de São Paulo. E foi nesses encontros que o gosto por um esporte fez nascer uma “família”.

É a Família Roller, grupo que reúne mais de 150 participantes da patinação e que praticam o esporte por ruas do bairro, além de treinar diversas modalidades.

Tudo começou em 2019, quando o almoxarife Murilo da Silva, 38, costumava levar a filha para patinar na praça. Outros pais e mães também acompanhavam os filhos, como o produtor Sandro Silva, 48, conhecido como Índio, que tem uma experiência de mais de 35 anos com a patinação.

Os dois se reuniram, convidaram outros pais, mães e crianças que se encontravam frequentemente na praça e por meio de um grupo do WhatsApp surgiu a Família Roller. O que era considerado apenas uma brincadeira de criança, se tornou uma prática esportiva também dos adultos.

Aluna se prepara para treino de patinação @Léu Britto/Agência Mural

Alguns se interessaram por relembrar o contato que tinham com o patins na época de infância, enquanto outros descobriram o interesse recentemente. É o caso do marceneiro Anésio Filho, 43, morador do Parque do Carmo, bairro vizinho do Conjunto José Bonifácio.

Ele começou a patinar há menos de um ano, quando levava a filha Catarina Carvalho, 10, para praticar o esporte na Praça Brasil apenas como uma brincadeira, quando conheceram Índio.

Índio comentou que a menina tinha habilidades além do que o patins de brinquedo poderia suportar. Logo, ele emprestou um equipamento de qualidade superior para Catarina e ela conseguiu ter um desempenho melhor. Também foi ele quem incentivou Anisio a entrar no esporte.

“Passado algumas vezes que eu ia só pra ver ela brincando, ele falava: ‘cara, põe o patins no pé que você vai ver que vai gostar”’. Dito e feito, Anésio começou a praticar junto com o grupo e hoje é um dos administradores da Família Roller.

Anésio e Sérgio estão entre os apoiadores da Família Roller @Léu Britto/Agência Mural

Além de Anésio, existem outros quatro administradores que estão à frente das iniciativas do grupo: Murilo e Índio, os fundadores; Júlio e Rony, participantes que se mostraram interessados em auxiliar na gestão do grupo.

No WhatsApp, são mais de 150 participantes, sendo que cerca de 50 são ativas e frequentes nos encontros realizados. O perfil é variado: vai de crianças que competem e possuem até patrocínio, a adultos e outras crianças que estão interessadas apenas na prática esportiva.

As principais iniciativas que a Roller realiza são os encontros da modalidade Urban, um passeio de patins pela cidade, e os treinos abertos.

Manobras de integrantes da Família Roller @Léu Britto/Agência Mural

Manobras de integrantes da Família Roller @Léu Britto/Agência Mural

Manobras de integrantes da Família Roller @Léu Britto/Agência Mural

Manobras de integrantes da Família Roller

O grupo realizava um encontro chamado Urban da Meia-Noite e também faziam um passeio pelo bairro durante a madrugada. O trajeto era definido de acordo com o nível de experiência dos membros que estavam presentes, sempre com instrutores usando coletes de identificação e apitos para auxiliar os iniciantes.

“A gente pratica muito a noite devido ao trânsito ser menor”, afirma o eletricista Júlio César, 38, um dos administradores do grupo. “O pessoal do apoio vai com apito durante a noite, a gente usa sinalizador, colete e vai tentando minimizar os perigos.”

Em relação aos treinos abertos, o intuito é ensinar do básico até o avançado. Os mais experientes realizam os treinos e orientam os iniciantes sobre equilíbrio, movimentos básicos, e as modalidades que existem na patinação.

Crianças que participam dos treinos da Família Roller @Léu Britto/Agência Mural

Um obstáculo, porém, são os espaços para patinar. Apesar do grupo ter surgido na Praça Brasil, o local conta uma circulação grande de pessoas, além de outras atividades, o que dificulta a prática. Além disso, outros espaços públicos da região, como o Parque do Carmo, sequer possuem pistas apropriadas para a patinação.

Desde dezembro do ano passado, o grupo conseguiu, via subprefeitura de Itaquera, um espaço para ser usado como sede, no centro de Itaquera. A área possui uma quadra, um playground e uma sala fechada.

Apesar de não ter sido construído para a prática de patinação, o espaço vem servindo para que a Família Roller consiga reunir seus membros e realizar os treinos abertos para a comunidade.

Família Roller

Endereço: Rua Doutor Aureliano Barreiro, 288, Itaquera, zona leste de São Paulo

Horário de funcionamento: Treinos abertos toda terça e sexta das 20h às 22h e aos domingos das 13h às 17h

Página: https://www.instagram.com/familia_roller/

Grupo começou na Praça Brasil e circula por vias da zona leste de SP @Léu Britto/Agência Mural

Modalidades do patins

Para entender as modalidades do patins é necessário considerar dois fatores principais: o tipo de patins utilizado e as diversas categorias que cada modalidade possui.

A experiência da Roller é com o patins inline, aqueles com as rodas uma atrás da outra, e as principais modalidades com esse tipo são:

CONHEÇA 7 MODALIDADES DA PATINAÇÃO

1

Slalom: manobras realizadas em volta de cones. Existem várias categorias, como a batalha, que exige manobras originais e sem perder o equilíbrio em volta dos cones ou o classic, cuja participação tem coreografia e música.

2

Street: manobras realizadas em pista de skate, corrimão, etc. É semelhante ao próprio skate.

3

Urban: É o passeio pela cidade. Geralmente, exige várias habilidades que se relacionam a outras modalidades, como por exemplo, se for necessário pular sobre uma calçada, essa habilidade pode ser usada na modalidade Jumping.

4

Hockey: Competição com bastão/taco, realizada em grupo e com o objetivo de acertar uma bolinha ou disco no gol adversário. É praticado em quadra.

5

Jumping: Saltos com patins, exigindo uma habilidade de pular o mais alto possível.

6

Slide: Usa manobras em que os patinadores “derrapam”. É feito quando o pé vira para frear, porém faz com que a pessoa faça uma derrapagem longa. É necessário utilizar alguns itens para deixar o chão mais escorregadio.

7

Speed: Uso da velocidade e corrida com patins.

Gabriel Lopes

Formado em Design Digital, porém com uma atuação profissional focada em pesquisa e estratégia. Sou um corinthiano que adora pedalar pelo bairro, jogar futebol na rua e tiro umas fotos dos céus da zona leste. Correspondente do Conjunto José Bonifácio desde 2019.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.