APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Acontece Mural

Muralistas participam de evento organizado pelas Chicas Poderosas sobre Fact checking

Image

Por:

Publicado em 13.03.2018 | 11:15 | Alterado em 22.11.2021 | 16:43

Tempo de leitura: 1 minuto

De 8 a 10 de março, quatro correspondentes da Agência Mural participaram do evento “Inclusão, cidadania e gênero”, parte do programa “Investigative Program”, das Chicas Poderosas.

Com o objetivo de aumentar o número de mulheres jornalistas usando tecnologia em suas investigações, o projeto está sendo desenvolvido em países da América Latina que terão eleição neste ano: Brasil, Colômbia, Costa Rica, México e Peru.

Durante o encontro foram realizados workshops sobre checagem de notícias falsas (Fact checking) durante as eleições.

As muralistas Aline Kátia (Jova Rural), Júlia Reis (Taboão da Serra), Kátia Flora (São Bernardo do Campo) e Priscila Pacheco (Grajaú) participaram dos painéis Fact checking, Mulheres em Tech e Inclusão, cidadania e gênero na política brasileira e do workshop Fact checking ministrado pela jornalista Cristina Tardaguila, da Lupa.

Mural_Chicas
Priscila Pacheco conta que no sábado (10) aconteceu o hackathon, e que para a atividade formou uma equipe com cinco mulheres e três homens da cidade de São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas, que atuam nas áreas debcinema, design, jornalismo e programação.

“O nosso grupo apresentou um protótipo e venceu o hackathon por ter feito um plugin que nomeamos como “Peraí”, uma iniciativa que busca conter a propagação de notícias falsas sobre temas eleitorais nas redes sociais brasileiras”, explica.

Como premiação, a equipe vai receber uma orientação das Chicas para desenvolver o projeto.

Republique

Faça com que essa história chegue para mais pessoas.

Republique o nosso conteúdo gratuitamente.

Regras:

Os títulos podem ser modificados desde que não mude o contexto;

Os textos devem ser publicados como estão na versão original, sem edição ou cortes;

Todas as republicações devem dar crédito para a Agência Mural e também os créditos dos profissionais envolvidos em sua produção, conforme aparece na publicação original;

As fotografias e outras imagens/artes podem ser republicadas com os devidos créditos;

Os vídeos republicados não devem passar por nenhum tipo de edição, devem conter os créditos da Agência Mural; para transmissão na TV, é preciso enviar um pedido para contato@agenciamural.org.br.

Reportagens publicadas no site www.agenciamural.org.br não podem ser revendidas.

Se possível, os materiais republicados devem mencionar o perfil da Mural nas redes sociais.

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.