• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Paralimpíadas 2021: conheça atletas das periferias de SP que podem brilhar em Tóquio

Confira uma lista de atletas que estão na Paralimpíada e que são da região metropolitana de SP

Desde terça-feira (24) está rolando os Jogos Paralímpicos em Tóquio e já foram conquistadas 35 medalhas – sendo 12 de ouro, oito de prata e 15 de bronze, em menos de uma semana de competição, até esta segunda-feira (30). 

E, assim como foi nas Olimpíadas, a região metropolitana de São Paulo também está bem representada nesse evento. Segundo o Comitê Paralímpico Brasileiro, 26 dos 260 atletas da delegação brasileira vieram da Grande São Paulo. 

É o caso, por exemplo, de Júlio César Agripino. Ele é o atual campeão mundial no atletismo na prova dos 1.500m na classe T11, para pessoas com deficiências visual, e mora em Itapecerica da Serra, ao sul do estado.

Nos últimos Jogos Paralímpicos, em 2016, no Rio de Janeiro, o Brasil encerrou a participação com 72 medalhas (14 ouros, 29 pratas e 29 bronzes) e a oitava colocação. A meta para 2020 é, ao menos, repetir a presença do país no top 10 do quadro de medalhas.

Confira abaixo mais atletas que vieram de regiões periféricas de São Paulo para ficar de olho nos próximos dias:

1 / 6
Imagem da galeria
2 / 6
Imagem da galeria
3 / 6
Imagem da galeria
4 / 6
Imagem da galeria
5 / 6
Imagem da galeria
6 / 6
Imagem da galeria

LEIA TAMBÉM:
Agência Mural faz série sobre atletas olímpicos das periferias

Cléberson Santos

Jornalista, correspondente do Capão Redondo desde 2019. Trabalha com jornalismo esportivo para portais de notícias desde 2014, mas não sabe chutar uma bola.

Capão Redondo, São Paulo

Comentários