APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
32xSP

Periferias de São Paulo continuam a liderar número de mortes por covid-19

11 distritos da capital têm mais de 100 mortes pelo novo coronavírus; Brasilândia e Sapopemba seguem sendo as regiões com mais casos fatais

Image

Por: Redação

Publicado em 20.05.2020 | 15:57 | Alterado em 20.05.2020 | 15:57

Tempo de leitura: 2 min(s)
Image

Vista para o Jardim Damasceno, bairro da Brasilândia, na zona norte de São Paulo (Ira Romão/32xSP)

11 dos 96 distritos de São Paulo registram mais de 100 mortes por covid-19, segundo dados contabilizados pela Prefeitura até 14 de maio. Todos eles ficam em regiões periféricas da capital. A Brasilândia, na zona norte, e Sapopemba, na leste, continuam sendo os locais com mais casos fatais.

Em 30 de abril, quando a Prefeitura divulgou o boletim epidemiológico anterior, a Brasilândia tinha 103 óbitos suspeitos ou confirmados. Até a última semana, o número saltou para 156 (um aumento de 51%), sendo o maior em todo o município.

Na sequência, Sapopemba, que antes tinha 101 casos suspeitos ou confirmados, agora registra 152. É o distrito da zona leste com mais casos, seguido por Itaquera e Cidade Tiradentes.

O Hospital Municipal Cidade Tiradentes e o HM Planalto, em Itaquera, estão com os leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) lotados devido à crise da covid-19. Situação semelhante ocorre no Hospital Estadual Sapopemba.

Image

Hospital Estadual Sapopemba, na zona leste de São Paulo (Ira Romão/32xSP)

LEIA TAMBÉM:
Zona leste de SP teme novas infecções pela covid-19 e cobra hospital de campanha

A zona sul de São Paulo tem cinco distritos entre os mais afetados pelo novo coronavírus: Capão Redondo, Grajaú, Jardim São Luís, Jardim Ângela e Cidade Ademar. O Jardim São Luís teve um aumento de 115% nos casos, passando de 55 para 118. No Capão Redondo, o aumento foi de 110%: antes eram 60 óbitos, agora são 126.

O maior aumento proporcional, contudo, foi em Parelheiros, no extremo sul da cidade. No final do mês passado, o distrito tinha 24 mortes. Até 14 de maio, o número saltou para 58 — um aumento de 142%.

Na região, foram entregues 20 leitos de UTI no Hospital Municipal de Parelheiros em março deste ano. A promessa da gestão Bruno Covas (PSDB) era disponibilizar, até o início de maio, mais 268 leitos para atendimento de pacientes infectados pela covid-19. A unidade funcionava parcialmente desde 2018, atendendo apenas o Pronto-Socorro.

Campo Grande, na região centro-sul da capital paulista, foi o distrito com o segundo maior aumento proporcional. O número de óbitos pelo coronavírus teve um salto de 132%, passando de 19 para 44. O distrito faz parte da Subprefeitura Santo Amaro.

Na zona norte, além da Brasilândia, a Cachoeirinha e o Tremembé também aparecem entre os distritos com mais mortes por covid-19, sendo os 6º e 10º distritos com mais registros, respectivamente.

DISTRITOS COM MAIS MORTES POR COVID-19

Brasilândia (zona norte) – 156
Sapopemba (zona leste) – 152
Capão Redondo (zona sul) – 126
Grajaú (zona sul) – 125
Jardim São Luís (zona sul) – 118
Cachoeirinha (zona norte) – 115
Itaquera (zona leste) – 110
Jardim Ângela (zona sul) – 106
Cidade Tiradentes (zona leste) – 102
Tremembé (zona norte) e Cidade Ademar (zona sul) – 101

***

Por dentro do Coronavírus: acompanhe todas as notícias do 32xSP sobre a pandemia de covid-19 na cidade de São Paulo!

receba o melhor da mural no seu e-mail

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.