APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
32xSP

Plano de Metas da Zona Leste é entregue para a prefeitura de São Paulo

Image

Por: Redação

Publicado em 15.03.2017 | 14:11 | Alterado em 15.03.2017 | 14:11

Tempo de leitura: 2 min(s)

Todas as 12 prefeituras regionais da zona leste se reuniram na última segunda-feira (13), para apresentar propostas para a região. Moradores, líderes comunitários e representantes municipais participaram do encontro “Construção do Plano de Metas da Zona Leste”, que discutiu o Programa de Metas 2017-2020, da gestão João Doria (PSDB), ocorrido na Pastoral São José do Belém, no bairro do Belém.

Organizado pela Rede Nossa Zona Leste e pela Rede Nossa São Paulo, o encontro contou com a presença de muitos moradores da região, alguns vereadores e de Fábio Alves, representando a prefeitura. O secretário de Gestão, Paulo Uebel, foi convidado, mas não compareceu, o que gerou críticas do público.

Alves justificou ao 32xSP que a não ida do secretário foi por motivos profissionais. Ele estava em outra reunião. “Já recebemos mais de 9 mil propostas. Isto é muito bom, pois queremos formar um Programa de Metas mais plural possível”, disse. Com muitas demandas protocoladas para serem entregues ao secretário, Alves encerrou a sua fala destacando que a participação da comunidade é algo muito importante.

Dentre as solicitações dos moradores, esteve  a criação de núcleos de atendimento aos trabalhadores desempregados e que a prefeitura dê uma atenção especial aos jovens com cursos profissionalizantes, já que são os mais afetados. Leia mais.

“Esperamos da gestão uma grande participação na construção do Programa de Metas e que ela seja de fato plural e menos desigual. De cada 100 jovens que vivem no Itaim Bibi, 40 vão para a universidade e, com o mesmo número no Itaim Paulista, apenas 4 conseguem ingressar em uma instituição de ensino”, afirmou, no encerramento, Antônio Marchiori, 64, mais conhecido como padre Ticão,  líder comunitário de Ermelino Matarazzo.

Quem partilha da mesma visão é Leonardo Medeiros, 50, integrante do Conselho de Orçamento, Planejamento e Orçamento Participativo (CPOP). Ele também acentua a necessidade das demandas da zona leste no Programa de Metas. “É importante que essa gestão ouça e execute isso. A sociedade civil conhece o que a população precisa”, finaliza.

Foto: Danielle Lobato

receba o melhor da mural no seu e-mail

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.