APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Notícias

Com a flexibilização, quais os principais cuidados ao sair de casa? ouça o podcast

Image

Por: Redação

Notícia

Publicado em 17.07.2020 | 22:42 | Alterado em 17.07.2020 | 22:43

Tempo de leitura: 2 minutos

Em São Paulo, com a flexibilização do isolamento social muitas pessoas retornaram ao trabalho e, consequentemente, passaram a sair mais vezes de casa e tiveram que intensificar as medidas de prevenção. 

Ao longo desses mais de 50 episódios, o Em Quarentena, podcast da Agência Mural, conversou com médicos e especialistas que falaram sobre os cuidados que todos devem manter, principalmente, ao sair de casa. Para reforçar essas orientações, o podcast compilou as principais orientações compartilhadas.

O microbiologista Sidcley Lyra, que participou do episódio 8, em abril, já falava sobre os cuidados na hora de fazer compras. “É importante que também limpe bem os pacotes e as embalagens de compras com álcool 70° ou, quando não puder, com água e sabão, assim que chegar em casa”. (ouça a partir de 01:20

Para os comerciantes, Lyra recomendou que fosse evitado o contato físico com os clientes e o uso de adornos nas mãos e braços. “A gente sabe que o coronavírus é transmitido por gotículas de saliva e pode ser transmitido por um aperto de mão, beijos, abraços e até mesmo durante a fala, se estiver muito próximo. […] Também é indicado que os funcionários não utilizem adornos. Anel, pulseira e relógio porque isso dificulta a limpeza das mãos. Assim como unhas compridas e postiças devem ser evitadas”. (a partir de 02:00

Ainda sobre os comércios, o microbiologista falou também sobre os cuidados com o uso de dinheiro e de cartão, que podem ser vetores da doença. “A gente pode limpar a superfície e objetos com álcool 70° ou então uma solução clorada. Pode ser desinfetante, água sanitária, lysoform ou outro que contenha cloro”. (em 03:17)

Já o médico infectologista Alexandre Piva Sobrinho listou erros comuns em relação ao uso das máscaras e deu orientações sobre a forma correta. “Os erros mais comuns cometidos por pessoas utilizando máscaras caseiras ou cirúrgicas são: deixá-la frouxa, a máscara deve ficar rente ao rosto de modo a cobrir nariz e boca;  manuseá-la pelas laterais, pelo elástico, sempre com as mãos higienizadas e evitar tocá-la na parte da frente; não deixá-la no queixo; se for comer algo, por exemplo, retire-a pelas laterais com as mãos higienizadas; se ficar úmida ou com sujidade deve ser trocada ou a cada duas ou três horas de uso.” (em 03:47)

O infectologista lembrou ainda que as máscaras não são 100% eficazes. “Portanto manter o distanciamento mínimo de um metro e meio de outras pessoas, evitar aglomeração e higienizar constantemente as mãos com água e sabão ou álcool gel são fundamentais para conter a disseminação da Covid-19”. (em 04:26)

Ouça este bate papo completo no Em Quarentena #55: Com a flexibilização, quais os principais cuidados ao sair de casa?.

Podcast Em Quarentena

Viver em meio ao coronavírus não deve estar sendo fácil para ninguém. Imagina então para quem vive nas periferias. 

O “Em Quarentena” é o podcast especial que a Agência Mural de Jornalismo das Periferias criou neste momento da pandemia. Queremos informar, com notícias do dia a dia, quem mais precisa se virar meio a esse caos.

Você pode receber o podcast diretamente no seu Whatsapp, enviando um “Oi” para +55 11 9 7591 5260. Ouça também no InstagramYoutubeSpotify, Deezer, Apple e Google Podcast.

 

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.