APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
32xSP

Qual é o orçamento de cada subprefeitura de São Paulo em 2021?

R$ 1,31 bilhão é destinado às 32 subprefeituras da capital paulista para realização de pequenas obras, serviços de zeladoria e manutenção de áreas verdes

Image

Por: Redação

Publicado em 13.01.2021 | 17:42 | Alterado em 13.01.2021 | 17:42

Tempo de leitura: 2 min(s)
Image

Subprefeitura do Itaim Paulista, na zona leste (Eduardo Silva/32xSP)

Em 2021, o orçamento para o município de São Paulo é de R$ 67,9 bilhões, de acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA). Segundo a Câmara Municipal de São Paulo, o valor é 1,93% menor em comparação ao orçamento de 2020 devido aos impactos econômicos causados pela pandemia da Covid-19 na capital paulista.

O orçamento municipal destina verbas para cada área dos serviços municipais, como educação, saúde, transporte, cultura e outras. Neste ano, as 32 subprefeituras da cidade têm o montante de R$ 1,31 bilhão, que é aplicado em serviços à população, como pequenas obras, serviços de zeladoria e manutenção de áreas verdes.

LEIA TAMBÉM:
– Sé é a subprefeitura com maior orçamento, mas é marcada por contrastes
– Surgida da luta por moradia, Sapopemba ainda é desigual às demais subprefeituras

Anteriormente, o valor do orçamento das subprefeituras para este ano estava previsto em R$ 1,07 bilhão, mas teve um aumento de 23% (R$ 242 milhões a mais), a partir de emendas apresentadas por vereadores. Confira os valores abaixo.

Aricanduva/Formosa/Carrão: R$ 40,2 milhões

Butantã: R$ 38,6 milhões

Campo Limpo: R$ 57,1 milhões

Capela do Socorro: R$ 39,5 milhões

Casa Verde/Cachoeirinha: R$ 24,9 milhões

Cidade Ademar: R$ 40,5 milhões

Cidade Tiradentes: R$ 32,3 milhões

Ermelino Matarazzo: R$ 30,6 milhões

Freguesia/Brasilândia: R$ 35,5 milhões

Guaianases: R$ 42 milhões

Ipiranga: R$ 41,5 milhões

Itaim Paulista: R$ 38,2 milhões

Itaquera: R$ 45,2 milhões

Jabaquara: R$ 32,6 milhões

Jaçanã/Tremembé: R$ 31,9 milhões

Lapa: R$ 35,6 milhões

M’Boi Mirim: R$ 51,8 milhões

Mooca: R$ 40,9 milhões

Parelheiros: R$ 64,2 milhões

Penha: R$ 43,6 milhões

Perus/Anhanguera: R$ 28,3 milhões

Pinheiros: R$ 39,9 milhões

Pirituba/Jaraguá: R$ 44,7 milhões

Santana/Tucuruvi: R$ 35,3 milhões

Santo Amaro: R$ 41,5 milhões

São Miguel Paulista: R$ 48 milhões

São Mateus: R$ 51,4 milhões

Sapopemba: R$ 29,1 milhões

Sé: R$ 83,1 milhões

Vila Maria/Vila Guilherme: R$ 28,9 milhões

Vila Mariana: R$ 40,3 milhões

Vila Prudente: R$ 31,6 milhões

Veja mais em saopaulo.sp.leg.br/orcamento2021.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.