Rolê na Quebrada: confira 13 eventos para você aproveitar nas periferias

Shows, oficinas, saraus, festivais, teatro. O Rolê na Quebrada traz mais uma vez uma agenda selecionada pela Agência Mural para deixar sua semana bem agitada.

Tem semana da cultura popular em Santana de Parnaíba, uma roda de conversa sobre comunicação em Cidade Tiradentes e a apresentação de diversos artistas na Brasilândia em um evento que celebra a cultura indígena. Confira:

Receba nossa newsletter!

ZONA NORTE

Oficina: As Mulheres Negras na Fotografia e nos Tecidos – Cachoeirinha

A oficina parte de uma pesquisa que aborda a produção de artistas mulheres pretas que utilizam a fotografia e as artes têxteis como linguagem para suas produções artísticas.

Quando: Sábado e Domingo (3 e 4), às 14h.
Onde: Kasa Ajeji, Rua Paulo Ravelli, 153
Quanto: Gratuito

Sarau Fenda Paralela – Brasilândia

Vai rolar o Sarau Fenda Paralela. A organização convida a todos para declamar aquela poesia que está guardada na gaveta e no coração, porque o microfone estará aberto durante todo o tempo. O evento contará ainda com performance ao vivo do artista Yara Yarin.

Quando: Sexta-feira (2), às 17h.
Onde: Rua Parapuã, 1878 – Brasilândia
Quanto: Gratuito

Primeiro Circuito Clandestino Jaraguá é Guarani – Brasilândia

O Jardim Damasceno recebe a primeira edição do Circuito Clandestino, organizado no espaço cultural do bairro. A ideia é fomentar a cena cultural independente da região e com a abordagem sobre os povos indígenas da região noroeste da cidade.

Quando: Domingo (4), às 14h.
Onde: Espaço Cultural do Jardim Damasceno. Rua Talha Mar,105
Quanto: Gratuito

ZONA SUL

Sarau Temporal – Jd. São Luiz

O sarau contará com participações de grandes artistas da quebrada, trazendo alegria, arte e consciência. O evento será apresentado por André Guimarães, que também mostrará ao público algumas de suas composições inéditas.

Quando: Sábado (3), às 14h.
Onde: Fábrica de Cultura Jd. São Luiz, Rua Antônio Ramos Rosa, 37
Quanto: Gratuito

Mateus Aleuia em “Ajeum, AjeumBó” – Part. Thalma de Freitas – Ipiranga

O cantor e compositor Mateus Aleluia faz show que passeia pelo repertório dos seus dois últimos discos, além de músicas inéditas, para apresentar um panorama do universo musical, uma ponte entre diversos povos, línguas, mitos e espiritualidades do Brasil e da África.

Quando: Sexta-feira (2)
Onde: Sesc Ipiranga, Rua Bom Pastor, 822
Quanto: de R$ 9 à R$ 30

ZONA LESTE

Margareth Menezes – Belém

Com 30 anos de carreira, a cantora apresenta os principais sucessos e relembra a trajetória. O ponto de partida é a música Faraó, gravada em 1987, que se tornou sucesso como tema do carnaval do Olodum e foi a principal faixa do primeiro disco do grupo. 

No show, ainda estão músicas como Elegibô, Dandalunda, Toté de Maianga, Mama África, Árvore e I Miss Her.

Quando: Sexta e Sábado (02, 03), às 21h30.
Onde: Sesc Belenzinho, Rua Padre Adelino, 1000
Quanto: de R$ 6 a R$ 20

Roda Preta Comunicação Preta – Cidade Tiradentes

O coletivo Roda Preta propõe uma narrativa do negro em vários campos: mídia, arte, cultura, comunicação, marketing e outros, promovendo fortalecimento na relação entre a comunidade preta. Neste fim de semana, o encontro terá três rodas de conversa sobre comunicação. 

Quando: Domingo (4), às 12h.
Onde: Casa de Cultura Hip-Hop Leste CT, Rua Sara Kubitscheck, 165
Quanto: Gratuito

ZONA OESTE

“Cidade Azul” com Cia. Truks – Lapa

O espetáculo conta como nasce, cresce e se fortalece uma comovente amizade entre duas crianças de realidades tão diferentes: um menino das ruas, e uma menina perdida pelas ruas. Eles revelam a sábia capacidade que as crianças têm de se aproximar umas das outras, vencendo os preconceitos por meio de jogos e brincadeiras. 

Quando: Sábado (3), às 12h.
Onde: Centro Cultural Tendal da Lapa, Rua Guaicurus, 1100
Quanto: Gratuito

Não Tem Erro Fest – Jd. Peri Peri

O festival que junta bandas punks independentes na zona oeste de São Paulo terá mais uma edição no domingo. Shows com as bandas Hammathaz, Falange, Muqueta Na Oreia, Ossos Cruzados, Spidrax e Banda Guerra

Quando: Domingo (4), às 13h.
Onde: Casa de Cultura do Butantã, Av. Junta Mizumoto, 13
Quanto: Gratuito

CENTRO

Festival Comida de Verdade – Bela Vista

Festival organizado por uma rede de organizações, pessoas, movimentos sociais, produtores e consumidores em defesa da alimentação saudável. Uma manifestação em favor da vida e contra os agrotóxicos.

Quando: Domingo (4), às 12h.
Onde: Ocupação 9 de Julho, Rua Álvaro de Carvalho, 427
Quanto: Gratuito

Lari Alves – Baixo Augusta

A cantora e compositora Lari Alves apresenta o show “Transições”. O repertório traz canções da artista que evocam as principais referências musicais, baseadas em ritmos originalmente baianos, como o samba-reggae e o pagodão, ao lado de influências africanas, como o ijexá, e jamaicanas, como o reggae, ragga e dancehall.

Quando: Sexta-feira (2), às 21h.
Onde: Teatro Bruta Flor, Rua Augusta, 912, SL 12
Quanto: R$ 20

Samba do Pé Vermeio participa de Mês da Cultura Popular em Santana de Parnaíba (Divulgação)

GRANDE SÃO PAULO

Arena Hip-Hop – Caieiras 

O evento contará com a participação de grupos de várias cidades dos mais diversos estados do Brasil. Mediado pelo B.Boy Chuim, professor e coreógrafo de break-dance da Escola Municipal de Arte, o Arena tem o objetivo de revitalizar o Movimento Hip Hop e ser um espaço de expressão para a dança. No line-up Dj Pow e Batata Killa.

Quando: Sábado (3), às 11h.
Onde: Centro Cultural Caieiras, Rua Argentina, 400 – Jd. Santo Antônio
Quanto: 1 kg de Alimento não perecível

Mês da Cultura Popular – Santana de Parnaíba

Neste mês, o Movimento de Dramaturgia Rural e o Samba do Pé Vermêio convidam para participar das atividades preparadas para valorizar a cultura popular. As atividades se iniciam no dia 2 de agosto, com a apresentação no CEMIC (Centro de Memória e Integração Cultural) da pesquisa “Diretrizes Curriculares Nacionais Para a Educação das Relações Étnicos-Raciais: Desdobramentos Através do Samba De Bumbo”, realizada por Michele Bispo, pesquisadora.

Quando: Sexta-feira (2), às 18h.
Onde: Samba do Pé Vermêio, Rua Prof. Edgar de Moraes, 109
Quanto: Gratuito

André Santos

Jornalista, correspondente do Jardim Fontalis desde 2017. Integrante do Coletivo Favela em Cena de teatro (ator e diretor). Ama carnaval e jura que é baiano (tem que checar isso aí, ok?).

Jd. Fontalis, São Paulo

Comentários