‘Rolê na Quebrada’ tem sambas, reggae, rock e comemoração cigana no fim de semana

Agenda da semana mostra eventos em várias periferias da capital e em cidades da região metropolitana

Diversidade é uma das facetas de São Paulo. A lista desta semana que a Agência Mural preparou reflete um pouco dessa pluralidade: tem samba, comemoração do dia municipal do rock em Carapicuíba, slam, jongo, reggae e até uma comemoração cigana.

Confere aqui.

Receba nossa newsletter!

ZONA NORTE

Sarau do Kintal – Vila Nova Cachoeirinha

Sarau no Kintal rola mensalmente na casa da família do poeta Akins Kintê, situada na zona norte de São Paulo, sempre com discotecagem. O convite é para que cada um leve textos e poesias para compartilhar e contribuir com a celebração poética. Nos toca-discos Dj Charchur e Dj Akin.

Quando: Sábado (17), às 18h.
Onde: R. Antônio Ramos da Cruz, 51
Quanto: Gratuito

Nina Oliveira canta ao lado de Nã (Divulgação)

Novas Rotações – NÃ e Nina Oliveira – Parada Inglesa

A banda NÃ e a cantora Nina Oliveira levam novas vozes, composições dançantes e letras afiadas ao projeto Novas Rotações. NÃ propõe sonoridades que dialogam com gêneros como jazz, MPB, samba e música experimental. Já Nina Oliveira é cantora, compositora e multi-instrumentista de Guarulhos.

Quando: Quinta-feira (15), às 20h.
Onde: Sesc Santana, Av. Luís Dumont Villares, 579
Quanto: de R$ 6 à R$ 20

1º Festival Mulungú – Vila Guilherme

Mulungú é o nome de uma árvore do Brasil, conhecida pela resistência em climas diversos. O Festival Mulungú é um evento de multilinguagens com apresentações de artistas independentes da cidade de São Paulo. Ao todo serão contempladas seis categorias: artes cênicas, dança, música, artes visuais, audiovisual e poesia.

Quando: Domingo (18), às 16h.
Onde: Pça Oscar da Silva, S/N
Quanto: Gratuito

ZONA SUL

Jongo da Serrinha – Fábrica de Cultura Jd. São Luís 

O Grupo Cultural Jongo da Serrinha conta a história do ritmo que deu origem ao samba. Tido como “o pai do samba”, o jongo é uma herança cultural dos negros Bantus das fazendas de café do vale do Paraíba, no início do século 18. Sua história se mistura com a da cidade, do surgimento das primeiras favelas e do samba. 

Quando: Sexta-feira (16), às 20h.
Onde: Fábrica de Cultura Jd. São Luís, R. Antônio Ramos Rosa, 37
Quanto: Gratuito

VEJA TAMBÉM:
Tradição do jongo reforça identidade negra em Perus

Crédito: DivulgaçãoMateus Aleluia se apresenta no Campo Limpo (Divulgação)

Mateus Aleluia – O canto dos recuados – Campo Limpo

Nesse espetáculo, Mateus Aleluia mergulha nas matrizes culturais do Brasil trazendo um foco para a miscigenação das culturas indígena, africana e barroca europeia. No repertório estão músicas do trabalho autoral de Mateus Aleluia, além de cânticos de domínio popular, canções indígenas e sambas de roda. 

Quando: Sábado (17), às 15h.
Onde: Sesc Campo Limpo, R. Nossa Senhora do Bom Conselho, 120
Quanto: Gratuito

ZONA LESTE

Sarau das Pretas – São Mateus

Samba de poesia é o mais novo espetáculo do Sarau das Pretas. O evento presta homenagem às grandes compositoras e intérpretes do samba brasileiro. O sarau mostra que as mulheres também seguram a cadência do samba.

Quando: Sexta-feira (16), às 18h.
Onde: Casa de Cultura Municipal de São Mateus, R. Monte Mandira, 40
Quanto: Gratuito

Slam CT – Cidade Tiradentes

Criado em abril, o Slam CT é realizado mensalmente no Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes. Os textos narrados devem ser autorais e de até três minutos. São escolhidos cinco jurados na plateia que dão notas de 1 a 10 para cada poeta.

Quando: Quinta-feira (15), às 19h.
Onde: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, R. Inácio Monteiro, 6900
Quanto: Gratuito

ZONA OESTE

Ocupação Preta-Indígena – Vila Butantan

A programação artística conta com o trabalho de artistas negros e indígenas para celebrar a cultura e a ancestralidade. Além disso, também terão comidas afro-brasileiras e bebidas. Participação da poeta Deusa e do Grupo VOPO – Vozes Poéticas. 

Quando: Sábado (17), às 15h.
Onde: Ocupação Aqualtune, R. Butantã
Quanto:Gratuito

Zambol House Sound – Jd. Peri – Peri 

O projeto “Zambol House Sound” promove o intercâmbio da cultura entre os coletivos de sound system de várias regiões da capital, para incentivar a cultura local. O projeto propõe “Oficinas de caixas de som artesanal” para ensinar novos coletivos e Djs a montar o próprio sistema de som.

Quando: Sexta-feira (16), às 18h.
Onde: Casa de Cultura do Butantã, Av. Junta Mizumoto, 13
Quanto: Gratuito

GRANDE SÃO PAULO

1ª Feira “GastroCultural” – Embu Guaçu

A 1ª Feira “GastroCultural” de Embu Guaçu propõe boa alimentação com cultura. Neste primeiro evento será apresentada a cultura cigana. A noite promete ser “mística”, com danças, expositores, oraculistas, palestras, entre outras atrações.

Quando: Sábado (17), às 17h.
Onde: Praça Ivan Braga de Oliveira, S/N – Centro
Quanto: Gratuito

Dia Municipal do Rock – Carapicuíba

Foi decretado que o dia 16 de agosto é o dia Municipal do rock em Carapicuíba e para celebrar a data haverá comemoração com muito rock and roll na cidade, participação das bandas locais Banda Disfalk, UmBRall e muitas outras atrações.

Quando: Sexta-feira (16), às 16h.
Onde: Clube da Sabesp, R. Laérte Cearense, 290 – Vila Gustavo Correia
Quanto: Gratuito

André Santos

Jornalista, correspondente do Jardim Fontalis desde 2017. Integrante do Coletivo Favela em Cena de teatro (ator e diretor). Ama carnaval e jura que é baiano (tem que checar isso aí, ok?).

Jd. Fontalis, São Paulo

Comentários