APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
32xSP

Subprefeitos ganham mais de R$ 10 mil como bônus de remuneração em SP

Em fevereiro deste ano, oito deles receberam salário maior que o do prefeito Bruno Covas (PSDB)

Image

Por: Redação

Publicado em 02.05.2019 | 14:57 | Alterado em 02.05.2019 | 14:57

Tempo de leitura: 3 min(s)

Todos os meses, o Portal da Transparência disponibiliza tabelas com a folha de pagamento de todos os funcionários da Prefeitura de São Paulo. O 32xSP analisou a remuneração dos 32 subprefeitos e descobriu que, em fevereiro deste ano, oito deles receberam salários de até R$ 30 mil, superando o valor recebido pelo prefeito da cidade Bruno Covas (PSDB).

Covas ganha R$ 24.165,87, enquanto os subprefeitos recebem R$ 19.334,62. Além da remuneração mensal, cada um desses 32 profissionais têm direito a gratificações – descritas na tabela como “demais elementos da remuneração”.

Em março, quatro subprefeitos embolsaram, apenas de bônus, R$ 10.561,30, totalizando um salário de R$ 29.895,92. Os valores são referentes ao mês de fevereiro.

Todos eles são da zona leste de São Paulo: Roberto Bernal, de São Mateus; Gilmar Souza dos Santos, do Itaim Paulista; Flávio Ricardo Sol, de Ermelino Matarazzo; e Fernanda Maria de Lima Galdino, da subprefeitura de Aricanduva/Formosa/Carrão.

“Os quatro subprefeitos em questão foram nomeados em 16 de janeiro de 2019, e a folha de pagamento já estava fechada. Assim, em fevereiro de 2019, receberam os vencimentos do mês e os 16 dias referentes ao mês de janeiro”, explica em nota a Secretaria Municipal das Subprefeituras.

LEIA MAIS:
18 subprefeitos de SP foram trocados nos últimos três meses

Já os subprefeitos do Campo Limpo (zona sul), Butantã, Lapa e Pinheiros (zona oeste), e Sapopemba (zona leste) receberam valores extras entre R$ 3 mil e R$ 9 mil.

A folha de pagamento referente aos pagamentos do gabinete do prefeito não apresentou outras remunerações para além do salário previsto nos meses de fevereiro e março.

FALTA PADRÃO

É difícil dizer que existe um padrão. Na última tabela, disponibilizada pela Prefeitura neste mês de abril – referente ao mês de março –, consta a bonificação no valor de R$ 356,06 para os subprefeitos. Enquanto na relação de fevereiro, o valor médio era de R$ 374,80.

Questionada pelo 32xSP, a Secretaria Municipal das Subprefeituras afirma que “todos os servidores municipais recebem o valor em questão, que se refere a auxílio-refeição”.

O único subprefeito a receber uma quantia maior que os demais, no mês de março, foi o de Parelheiros, no extremo sul de São Paulo. Adailson Oliveira, 68, embolsou R$ 1.165,32. Segundo a Secretaria, o valor é referente ao abono permanência, do qual o funcionário tem direito.

“Abono de permanência é o retorno da contribuição previdenciária a todo servidor que já adquiriu condição de se aposentar e permanece em exercício na PMSP”, explica a assessoria do órgão.

ENTENDA A REMUNERAÇÃO

Apesar da explicação dada pela Secretaria Municipal das Subprefeituras – em relação aos “demais elementos da remuneração” – ter creditado apenas o auxílio-alimentação como fator que compõe esse pagamento extra, existem também outros pontos.

Um documento oficial da Prefeitura de São Paulo mostra o passo a passo sobre como acessar essas tabelas de salários, mensalmente, e ainda como encontrar explicações detalhadas do que faz parte desse valor extra no salário dos subprefeitos.

Elas podem ser, por exemplo, adiantamento de férias, auxílio-transporte, gratificações do gabinete e indenizações.

O documento, porém, não define nenhum padrão de valor mínimo ou máximo para essas remunerações. Por isso, há diferenças entre as duas últimas tabelas liberadas pelo Portal da Transparência.

A próxima tabela, referente ao pagamento de abril, será divulgada no mês de maio, e pode ser acessada por qualquer pessoa na sessão de Funcionalismo na Prefeitura.

***

Subprefeituras somam gastos de R$ 752 mil por mês com aluguel

receba o melhor da mural no seu e-mail

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.