APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
32xSP

Versão final do Programa de Metas traz 77 objetivos até 2024 em SP; confira os principais

Com orçamento estimado em R$ 30,9 bilhões, o documento apresenta ações nas áreas de assistência social, zeladoria, segurança, mobilidade, entre outras

Image

Por: Redação

Publicado em 27.07.2021 | 22:00 | Alterado em 27.07.2021 | 22:00

Tempo de leitura: 4 min(s)

A versão final do Programa de Metas 2021-2024 foi publicada pela Prefeitura de São Paulo e entregue à Câmara dos Vereadores pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) no início deste mês. O objetivo do documento é definir quais as prioridades da gestão para os próximos quatro anos.

Vale lembrar que essas metas possuem indicadores que se relacionam ao Plano Plurianual 2022-2025 e à Agenda Municipal 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas).

O orçamento total estimado é de R$ 30,9 bilhões para os quatro anos. O eixo SP Justa e Inclusiva, como foco na redução da pobreza e desigualdades sociais, é o que recebe o maior valor, mais de R$ 15 bilhões. Entre as medidas na área estão a implantação de 30 novos equipamentos de saúde. A intenção da Prefeitura é, entre outras coisas, ampliar a cobertura da atenção básica principalmente em regiões em que há vazio assistencial.

Image

Cidade de São Paulo vista pelo Edifício Copan (Andressa Alves/32xSP)

No eixo SP Ágil, focado no desenvolvimento do sistema de transporte, uma das metas é viabilizar 40 quilômetros de novos corredores de ônibus. O objetivo é atender prioritariamente as regiões leste e sul da cidade, de acordo com as prioridades definidas no Plano Municipal de Mobilidade Urbana de São Paulo.

O Programa de Metas 2021-2024 é composto por outros cinco eixos, 27 objetivos estratégicos, 77 metas com seus respectivos indicadores (duas a mais em relação à versão inicial publicada em 31 de março) e 306 iniciativas. 

40 dessas iniciativas foram incluídas após o período de consulta pública nas audiências públicas, além das propostas recebidas por escrito por meio da plataforma Participe+. 

Foram 36 reuniões para a elaboração participativa da versão final do documento. Uma foi de apresentação geral, mais 32 reuniões regionais por subprefeitura e três temáticas segmentadas por eixo. Todas ocorreram de forma online devido à pandemia. O 32xSP fez a cobertura das audiências públicas e o material produzido pode ser conferido aqui.

LEIA TAMBÉM:
Perus e Anhanguera: moradores têm mais de 40 sugestões para o Plano de Metas

Além da versão final do documento, a Prefeitura lançou o Portal de Devolutivas, plataforma que reúne respostas às sugestões enviadas durante o ciclo participativo do Programa de Metas. 

É possível efetuar pesquisas com filtros e selecionar por categoria (educação, esporte, saúde, entre outros), eixo (SP Justa e Inclusiva, SP Segura e Bem Cuidada, SP Ágil, SP Inovadora e Criativa, SP Global e Sustentável e SP Eficiente), subprefeitura ou secretaria. 

Confira abaixo os principais objetivos do Programa de Metas 2021-2024:

Eixo: SP Justa e Inclusiva 
Tem como foco a redução da pobreza e redução das desigualdades sociais.

  • Atender 1,7 milhão de pessoas em programas de transferência de renda e/ou apoio nutricional;
  • Implantar o prontuário eletrônico em 100% das UBSs (Unidades Básicas de Saúde);
  • Implantar 30 novos equipamentos de saúde no município;
  • Implantar seis novos CAPSs (Centros de Atenção Psicossocial);
  • Criar 50.000 vagas em creche, condicionadas à demanda;
  • Beneficiar 27.000 famílias com urbanização em assentamentos precários;
  • Implantar 60 serviços de atendimento a pessoas idosas;
  • Ampliar em 50% o número de atendimentos realizados nos equipamentos exclusivos para mulheres.

Eixo: SP Segura e Bem Cuidada
Voltado a demandas de zeladoria e ampliação da segurança urbana.

  • Contratar 1.000 novos guardas da GCM (Guarda Civil Metropolitana);
  • Integrar 20.000 câmeras de vigilância até 2024, tendo como parâmetro ao menos 200 pontos por subprefeitura;
  • Ampliar a capacidade da GCM para a realização de ações protetivas para 2.500 mulheres vítimas de violência, por ano;
  • Construir 14 novos piscinões;
  • Limpar 8.200.000 metros de extensão de córregos;
  • Pavimentar 480.000 metros quadrados de vias sem asfalto;
  • Ampliar a iluminação pública utilizando lâmpadas led em 300.000 pontos.

Eixo: SP Ágil
Foco no aperfeiçoamento do sistema de transportes municipal visando proporcionar e incentivar o uso transportes alternativos e não-poluentes.

  • Realizar a manutenção de 1,5 milhão metros quadrados de calçadas;
  • Implantar 300 quilômetros de estruturas cicloviárias;
  • Implantar sistema de transporte público hidroviário, na represa Billings;
  • Implantar corredores de ônibus no modelo BRT (Ônibus de Trânsito Rápido, em português) na avenida Aricanduva e na Radial Leste;
  • Viabilizar 40 quilômetros de novos corredores de ônibus;
  • Implantar quatro novos terminais de ônibus;
  • Implantar 50 quilômetros de faixas exclusivas de ônibus;
  • Garantir que 100% dos ônibus estejam equipados com acesso à internet sem fio e tomadas USB para recarga de dispositivos móveis.

Eixo: SP Inovadora e Criativa 
Investimento no estímulo e fomento à economia criativa e à cultura como indutor econômico.

  • Implantar dez salas de cinema nos CEUs (Centros Educacionais Unificados);
  • Inaugurar a casa de cultura Cidade Ademar, na zona sul;
  • Implantar quatro estúdios criativos da juventude – Rede Daora;
  • Realizar 600.000 atendimentos ao trabalhador, incluindo orientação, qualificação e encaminhamentos para oportunidades formais de trabalho; 
  • Alcançar 20 mil pontos de acesso público à internet sem fio, priorizando a cobertura nos territórios mais vulneráveis;
  • Estruturar 400 hortas urbanas e ações de suporte a negócios rurais, com capacitação ligada a economia verde e fomento a tecnologias ambientais. 

Eixo: SP Global e Sustentável
Estímulo  a ações de preservação ambiental e desenvolvimento sustentável. 

  • Implantar oito novos parques municipais;
  • Atingir mais de 50% de cobertura vegetal na cidade de São Paulo;
  • Implantar Hospital Veterinário;
  • Garantir a capacidade de atendimento e destinação adequada de 25 mil animais silvestres resgatados, apreendidos ou recebidos na cidade; 
  • Atingir 100% de cumprimento das metas individuais de redução da emissão de poluentes e gases de efeito estufa pela frota de ônibus do transporte público;
  • Reduzir em 600 mil toneladas a quantidade de resíduos enviados aos aterros entre 2021 e 2024;
  • Realizar 150 ações de projeção internacional que posicionem São Paulo como cidade global e sustentável.

Eixo: SP Eficiente
Focado no reforço da transparência da gestão, simplificação de processos e otimização dos recursos municipais.

  • Remodelar as praças de atendimento das subprefeituras para que centralizem todos os serviços municipais no território – Descomplica SP;
  • Atrair R$ 13 bilhões em investimentos para a cidade;
  • Atingir a arrecadação de R$ 9 bilhões entre 2021 e 2024;
  • Criar o sistema municipal de Cidadania Fiscal. 

Clique aqui para conferir a íntegra da versão final do Programa de Metas 2021-2024.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.