APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Sobre-Viver

Campanha de vacinação tem virada noturna e memes na Grande São Paulo

Campanhas de imunização ‘viralizam’ nas redes; estado já vacinou 86,5% dos adultos com 1ª dose

Image

Notícia

Publicado em 12.08.2021 | 22:17 | Alterado em 12.08.2021

Tempo de leitura: 3 minutos
Image

Campanha de vacinação em Poá usa Harry Potter para chegar a jovens da cidade @Divulgação

“A Covid não vai sumir num passe de mágica”. Essa frase, acompanhada de um meme com personagens do filme britânico “Harry Potter”, foi a chamada que a prefeitura de Poá, na Grande São Paulo, resolveu utilizar para convencer os jovens de 15 a 17 anos a se imunizar contra a doença na cidade. 

O município, que até terça-feira (11) havia aplicado mais de 100 mil doses da vacina, e imunizado mais de 84% dos adultos, é o primeiro da região a imunizar os adolescentes, num primeiro momento apenas os que apresentam comorbidade, as gestantes e puérperas.

Mas Poá não foi a única cidade a usar esse tipo de marketing para incentivar a  imunização. Por toda a Grande São Paulo, memes, “viradas noturnas” e até “festas” foram adotadas como estratégia, com foco em vacinar os jovens e barrar a transmissão da Covid-19.

Vizinha de Poá, Mogi das Cruzes também apostou nos memes. Foram utilizados referências a filmes e seriados norte-americanos como “Deadpool”, “Meninas Malvadas” e “Todo Mundo Odeia o Chris”, e à telenovela mexicana “Rebelde”.

Nas redes, a estratégia agradou fez com que algumas campanhas de vacinação  viralizassem. No Instagram, uma das postagens da Prefeitura de Mogi das Cruzes chegou a mais de 10 mil curtidas.

No ABC paulista, Ribeirão Pires começou a utilizar cenas do “DragonBall” para indicar o aumento da imunização. “70 mil, 80 mil e continua aumentando”, diz Vegeta simulando uma cena do anime. 

No caso de Santana do Parnaíba, na região oeste da Grande São Paulo, o meme do “playstation” foi utilizado para avisar que a cidade imunizaria todos os adultos até o próximo domingo. O meme é uma referência ao programa infantilBom Dia e Cia”. apresentado por Yudi Tamashiro e Priscilla Alcântara no SBT entre 2005 e 2010.

No lugar do nome do videogame, eles simulam a fala ”vacina, vacina, vacina”, com os nomes das fabricantes Pfizer, Coronavac, Jassen e Astrazeneca na roleta. 

LEIA TAMBÉM:
Mais de 1 milhão de doses foram aplicadas em pessoas fora da cidade onde moram
Em Parelheiros, UBS usa WhatsApp para driblar falta de sinal de telefone

‘VIRADAS’

Na falta de virada cultural, por conta das restrições necessárias para evitar aglomerações, algumas cidades também investiram em uma vacinação com cara de festa que avança pela madrugada para atender quem não pode comparecer durante o período comercial.

A Prefeitura de São Paulo preparou um evento para este fim de semana para vacinar no sábado (14) e domingo (15), mas outras cidades já realizaram ações nos últimos dias.

Em Jandira, na região oeste, foram 23 horas ininterruptas de imunização, que ocorreram entre os dias 6 e 7 de agosto. Teve DJ, luz e nome de balada: Imuniza Fest.

Apesar disso, a gestão diz no site que ainda não é hora de festejar, e que o evento foi exclusivo para facilitar a vacinação de quem não conseguiu agendar um horário durante a semana.

A aposta em uma “virada” de vacinação também aconteceu em Suzano, na região leste. Na cidade, as 36 horas de imunização ocorreram entre os dias 6 e 7 de agosto, com foco nos jovens entre 18 e 20 anos.

Image

Vacinação em Suzano também teve virada @Divulgação

De acordo com site Vacina Já do governo do estado, a campanha de imunização contra o novo coronavírus já vacinou 86,50% da população adulta do estado de São Paulo com ao menos a primeira dose. 26,21% dos paulistas adultos já possuem o esquema vacinal completo, pois receberam duas doses ou a dose única do imunizante.

Lucas Landin

Mestrando em políticas públicas pela Universidade do Chile. Amante da política, das ferrovias e dos felinos. Entusiasta do transporte público. Correspondente de Itaquaquecetuba desde 2015.

Republique

Faça com que essa história chegue para mais pessoas.

Republique o nosso conteúdo gratuitamente.

Regras:

Os títulos podem ser modificados desde que não mude o contexto;

Os textos devem ser publicados como estão na versão original, sem edição ou cortes;

Todas as republicações devem dar crédito para a Agência Mural e também os créditos dos profissionais envolvidos em sua produção, conforme aparece na publicação original;

As fotografias e outras imagens/artes podem ser republicadas com os devidos créditos;

Os vídeos republicados não devem passar por nenhum tipo de edição, devem conter os créditos da Agência Mural; para transmissão na TV, é preciso enviar um pedido para contato@agenciamural.org.br.

Reportagens publicadas no site www.agenciamural.org.br não podem ser revendidas.

Se possível, os materiais republicados devem mencionar o perfil da Mural nas redes sociais.

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.