Casa Verde conquista título feminino da Taça das Favelas

Time venceu Paraisópolis por 2 a 0 com dois gols de Mineira e leva troféu para zona norte de São Paulo

Com dois gols de Mineira, o Complexo Casa Verde conquistou neste sábado (1º) o título da Taça das Favelas. A equipe da zona norte de São Paulo venceu Paraisópolis, por 2 a 0, em partida disputada no estádio do Pacaembu, no centro de São Paulo.

O torneio reuniu 32 equipes femininas na competição de várias favelas da cidade.

Receba nossa newsletter!

Comandado por Luiz Souza, o Complexo Casa Verde garantiu a taça com uma campanha de jogos equilibrados contra equipes de praticamente todas as regiões de São Paulo.

Na estreia, goleou o Favela Cidade Líder, da zona leste, por 5 a 0. Nas oitavas de final, venceu o Vila Remo, da zona oeste, por 2 a 0, e nas quartas, ganhou da Favela Beira Mar, por 2 a 1. O jogo mais complicado veio na semifinal, quando após empatar em 0 a 0 com Heliópolis, a equipe garantiu a vaga nos pênaltis, por 2 a 1.

Do outro lado, Paraisópolis vinha com 100% de aproveitamento, mas não conseguiu fazer frente às meninas da zona norte.

Time conquistou título neste sábado (1º) (Paulo Henrique/Taça das Favelas)

MINEIRA DECIDE

A vitória foi construída no primeiro tempo. Logo de cara, aos 2 minutos, Mineira abriu o placar, ao aproveitar contra-ataque. Após saída errada da defesa de Paraisópolis, a bola foi lançada para a atacante que invadiu a área e bateu no canto direito da goleira Denise.

À frente no placar, Casa Verde conseguiu segurar o ímpeto de Paraisópolis. A equipe da zona sul tinha 100% de aproveitamento e tentou a reação. Mas ainda na etapa inicial, o time comandado por Monica Silva sofreu um duro baque.

VEJA TAMBÉM:
Professora de alfabetização, Mônica comanda time feminino de Paraisópolis
Barro Branco de Cidade Tiradentes conquista Super Copa Pioneer

Aos 20, Dani fez falta dentro da área e foi expulsa. Na cobrança do pênalti, Mineira marcou o segundo e encaminhou a conquista.

Mesmo com uma jogadora a menos, o Paraisópolis tentou a reação na etapa final e criou oportunidades. Mas sem sucesso. Além disso, Casa Verde esteve mais perto do terceiro gol, nos contra-ataques, e só não ampliou porque esbarrou na goleira Denise. Mas não havia tempo para mais nada.

A final masculina será disputa às 14h, entre Parque Santo Antônio e Favela 1010.

Paulo Talarico

Editor-chefe de jornalismo e correspondente de Osasco desde 2011. Formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu, tem pós-graduação em jornalismo esportivo e curso técnico de locução para rádio e TV. Atualmente, estuda História na Universidade de São Paulo. Gosta de café, Osasco, livros, futebol e cinema.

Osasco

Comentários