APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Rolê

Casa Verde conquista título feminino da Taça das Favelas

Time venceu Paraisópolis por 2 a 0 com dois gols de Mineira e leva troféu para zona norte de São Paulo

Image

Por: Paulo Talarico

Notícia

Publicado em 01.06.2019 | 13:52 | Alterado em 15.11.2022 | 8:43

Tempo de leitura: 2 min(s)

Com dois gols de Mineira, o Complexo Casa Verde conquistou neste sábado (1º) o título da Taça das Favelas. A equipe da zona norte de São Paulo venceu Paraisópolis, por 2 a 0, em partida disputada no estádio do Pacaembu, no centro de São Paulo.

O torneio reuniu 32 equipes femininas na competição de várias favelas da cidade.

Comandado por Luiz Souza, o Complexo Casa Verde garantiu a taça com uma campanha de jogos equilibrados contra equipes de praticamente todas as regiões de São Paulo.

Na estreia, goleou o Favela Cidade Líder, da zona leste, por 5 a 0. Nas oitavas de final, venceu o Vila Remo, da zona oeste, por 2 a 0, e nas quartas, ganhou da Favela Beira Mar, por 2 a 1. O jogo mais complicado veio na semifinal, quando após empatar em 0 a 0 com Heliópolis, a equipe garantiu a vaga nos pênaltis, por 2 a 1.

Do outro lado, Paraisópolis vinha com 100% de aproveitamento, mas não conseguiu fazer frente às meninas da zona norte.

Image

Time conquistou título neste sábado (1º) (Paulo Henrique/Taça das Favelas) @Jonathan Paixão/Taça das Favelas

MINEIRA DECIDE

A vitória foi construída no primeiro tempo. Logo de cara, aos 2 minutos, Mineira abriu o placar, ao aproveitar contra-ataque. Após saída errada da defesa de Paraisópolis, a bola foi lançada para a atacante que invadiu a área e bateu no canto direito da goleira Denise.

À frente no placar, Casa Verde conseguiu segurar o ímpeto de Paraisópolis. A equipe da zona sul tinha 100% de aproveitamento e tentou a reação. Mas ainda na etapa inicial, o time comandado por Monica Silva sofreu um duro baque.

VEJA TAMBÉM:
Professora de alfabetização, Mônica comanda time feminino de Paraisópolis
Barro Branco de Cidade Tiradentes conquista Super Copa Pioneer

Aos 20, Dani fez falta dentro da área e foi expulsa. Na cobrança do pênalti, Mineira marcou o segundo e encaminhou a conquista.

Mesmo com uma jogadora a menos, o Paraisópolis tentou a reação na etapa final e criou oportunidades. Mas sem sucesso. Além disso, Casa Verde esteve mais perto do terceiro gol, nos contra-ataques, e só não ampliou porque esbarrou na goleira Denise.Mas não havia tempo para mais nada.

A final masculina será disputa às 14h, entre Parque Santo Antônio e Favela 1010.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Paulo Talarico

Editor-chefe e cofundador da Agência Mural, é formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em História pela Universidade de São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.