APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Democratize-se!

Como acessar as promessas dos 12 candidatos a presidente

Confira quem são os 12 nomes que disputam a presidência

Image

Por: Cleberson Santos

Notícia

Publicado em 23.08.2022 | 17:38 | Alterado em 24.08.2022 | 13:51

Tempo de leitura: 4 min(s)

No dia 2 de outubro, os eleitores brasileiros irão às urnas para escolher os políticos que ocuparão as cadeiras das Assembleias Legislativas, da Câmara e do Senado Federal, além de governadores e presidente.

No caso da presidência, são 12 os concorrentes ao mais alto cargo do Poder Executivo, que assumirá o Palácio do Planalto a partir do dia 1º de janeiro de 2023. Ainda que distante geograficamente, o presidente tem responsabilidades que afetam de forma direta a vida de quem vive nas regiões periféricas, na definição do dinheiro que é repassado aos estados e na execução de políticas públicas.

Conheça abaixo cada um dos candidatos à presidência e o link para o Plano de Governo, documento em que os presidenciáveis publicam as propostas que pretendem levar adiante caso vença a eleição em outubro.

Ciro Gomes (PDT)

Ex-governador do Ceará e ex-prefeito de Fortaleza, Ciro Gomes, 64, disputa pela quarta vez a presidência da República. Em 2018, ele foi o terceiro candidato mais votado, com 12,4% dos votos. Candidato pelo PDT (Partido Democrático Brasileiro), Ciro terá a vice-prefeita de Salvador Ana Paula Matos como vice.

Plano de governo de Ciro Gomes

Constituinte Eymael (DC)

Agora adotando o nome “Constituinte” – devido ao fato de ter feito parte da comissão que desenvolveu a Constituição Brasileira de 1988 -, José Maria Eymael, 82, disputará a presidência da República pela sexta vez consecutiva.

Eymael, do DC (Democracia Cristã) é famoso pelo jingle que o acompanha desde quando disputou a prefeitura de São Paulo em 1985. O vice de Eymael é o Professor Bravo, também do DC.

Plano de Governo do Constituinte Eymael

Felipe D’Ávila (Novo)

Cientista político, empresário e com nove livros publicados, Felipe D’Ávila, 58, está disputando um cargo público pela primeira vez. Ele é candidato pelo Novo e tem Tiago Mitraud, do mesmo partido, como vice.

Plano de Governo de Felipe D’Ávila

Jair Bolsonaro (PL)

Jair Messias Bolsonaro, 67, é o atual presidente da República e disputa a reeleição. Durante o mandato ele desfiliou-se do PSL e tentou fundar o próprio partido, o Aliança pelo Brasil. Sem conseguir a quantidade necessária de assinaturas, acabou indo para o PL (Partido Liberal).

A coligação Pelo Bem do Brasil é formada pelo PL, Republicanos e PP (Partido Progressista). Diferentemente de 2018, desta vez Bolsonaro terá o General Braga Netto como vice.

Plano de Governo de Jair Bolsonaro

Léo Péricles (UP)

Leonardo Péricles Vieira Roque, 40, é o candidato do UP (Unidade Popular) ao Planalto. Esta é a primeira disputa presidencial do partido, fundado em 2019. O técnico de mecânica tem a odontóloga Samara Martins como vice. Léo e Vera, do PSTU, são os únicos candidatos identificados como pretos ao Planalto.

Plano de Governo de Léo Péricles

Lula (PT)

Luiz Inácio Lula da Silva, 76, busca voltar à presidência, cargo que ocupou durante os anos de 2003 e 2010. Desta vez ele tem como vice o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que recentemente trocou o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) pelo PSB (Partido Socialismo Brasileiro).

Além de PT (Partido dos Trabalhadores) e PSB, a coligação Brasil da Esperança conta também com PCdoB (Partido Comunista do Brasil), PV (Partido Verde), Solidariedade, PSOL (Partido Socialismo e Liberdade), Rede Sustentabilidade, Agir, Avante e PROS (Partido Republicano da Ordem Social).

Plano de Governo de Lula

Pablo Marçal (PROS)

Presidenciável mais jovem desta eleição, o empresário e coach Pablo Marçal, 35, enfrenta uma crise interna em seu partido, o PROS. Oficialmente a sigla coligou-se a Lula, porém a ala ligada a Pablo registrou a candidatura dele e não pretende desistir da campanha. Na última sexta-feira (19), o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) deu 72 horas para o partido se manifestar a respeito da crise.

Pablo, que tem a policial militar Fátima Pérola Neggra como vice e disputa uma eleição pela primeira vez, continua em campanha até que a candidatura seja impugnada ou o partido confirme a desistência.

Plano de Governo de Pablo Marçal

Roberto Jefferson (PTB)

Ex-deputado federal pelo Rio de Janeiro, Roberto Jefferson, 69, volta a disputar uma eleição pela primeira vez desde 2002. Em 2005, ele teve o mandato na Câmara cassado.

De acordo com o Ministério Público, Roberto Jefferson continua inelegível por conta da condenação em 2012 e contesta a participação dele no pleito deste ano. O candidato do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) tem o religioso Padre Kelmon como vice.

Plano de Governo de Roberto Jefferson

Simone Tebet (MDB)

Senadora pelo estado do Mato Grosso do Sul, Simone Tebet, 52, é a candidata do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), tendo a também senadora Mara Gabrilli, do PSDB, como vice. Além de MDB e PSDB, a coligação Brasil para Todos também conta com os partidos Cidadania e Podemos.

Plano de Governo de Simone Tebet

Sofia Manzano (PCB)

Servidora pública estadual, Sofia Manzano, 51, é a candidata à presidente do PCB (Partido Comunista Brasileiro). Sofia, que foi candidata à vice em 2014, completa a chapa com o jornalista e redator Antonio Alves, também do PCB.

Plano de governo de Sofia Manzano

Soraya Thronicke (União Brasil)

Assim como Simone Tebet, Soraya Vieira Thronicke, 49, também é senadora pelo estado do Mato Grosso do Sul. Ela é candidata pelo União Brasil, partido que nasceu da recente fusão do PSL com o Democratas. O vice dela nesta eleição é o Marcos Cintra, também do União.

Plano de Governo de Soraya Thronicke

Vera (PSTU)

Vera Lucia Pereira da Silva Salgado, 54, é novamente a candidata do PSTU (Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado) à presidência. Esta é a 10ª disputa eleitoral dela, somando aí as disputas pelas prefeituras de Aracaju e São Paulo. Vera tem a professora Raquel Tremembé como vice.

Plano de governo da Vera

Cleberson Santos

Jornalista, não sabe chutar uma bola direito, mas se aventura no jornalismo esportivo há alguns anos, e também já escreveu sobre tecnologia e impacto social. Ama playlists aleatórias e tenta ser nerd, apesar das visitas ao Netflix estarem cada vez mais raras. Correspondente do Capão Redondo desde 2019.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.