APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias

Por: Aline Almeida

Verificação

Publicado em 17.11.2022 | 18:23 | Alterado em 17.11.2022 | 18:23

Tempo de leitura: 2 min(s)
Esta verificação foi produzida em parceria com a Lupa e com apoio do WhatsApp WhatsApp_Logo_1

Circula em grupos de WhatsApp do Capão Redondo, na zona Sul de São Paulo, uma mensagem de texto que aponta que o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) leria peça acusatória no Egito que possibilitaria a prisão de Bolsonaro e seus filhos.

Confira a verificação do conteúdo:

LULA LÊ NO EGITO A PEÇA ACUSATÓRIA QUE USARÁ PARA PRENDER BOLSONARO E SEUS FILHOS, TUDO COM A CONIVÊNCIA DO STF. OU BOLSONARO DECRETA INTERVENÇÃO FEDERAL OU ACABARÁ COMO ACABOU A PRESIDENTE DA BOLÍVIA, NA CADEIA. E PIOR DEIXARÁ QUE ACABEM COM O BRASIL

– Texto reproduzido em imagem que circula no WhatsApp

O conteúdo analisado pelo projeto Papo Reto no Zap é falso. O presidente eleito Lula discursou nesta quarta-feira (16) na Conferência das Nações Unidas sobre mudanças climáticas (COP 27), realizada no Egito, mas em nenhum momento fez acusações a Bolsonaro e seus filhos.

Em seu primeiro discurso internacional depois de eleito, Lula propôs uma aliança para combater a fome global, além de aproveitar o momento para reiterar a criação do Ministério dos povos originários, destinado à proteção de povos indígenas no Brasil.

Ainda no pronunciamento, Lula comprometeu-se a acabar com o desmatamento até 2030, coibir a destruição de biomas e fiscalizar práticas ilegais, como mineração ou atividade agropecuária em áreas protegidas, por exemplo. 

A apresentação do presidente eleito não menciona acusações contra Jair Bolsonaro e seus filhos. Há, apenas, críticas ao atual governo em relação ao desmatamento da Amazônia, pandemia, pobreza, fome e meio ambiente no decorrer dos últimos quatro anos.

“Infelizmente, desde 2019, o Brasil enfrenta um governo desastroso em todos os sentidos — no combate ao desemprego e às desigualdades, na luta contra a pobreza e a fome, no descaso com a pandemia que matou 700 mil brasileiros, no desrespeito aos direitos humanos, na sua política externa que isolou o país do resto do mundo, e também na devastação do meio ambiente”, pontuou Lula em seu discurso.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Aline Almeida

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo. Ama livros, música e séries. Libriana apaixonada por pets. Correspondente do Grajaú desde 2022.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.