APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Democratize-se!

Eleições em Biritiba Mirim: quem são os candidatos em 2020

Com mais de 23 mil eleitores, cidade fica na região sudoeste da Grande SP e tem 8 candidatos na disputa

Image

Por: Redação

Notícia

Publicado em 14.11.2020 | 15:11 | Alterado em 14.11.2020 | 15:11

Tempo de leitura: 1 minuto

As eleições em Biritiba Mirim, na região do Alto Tietê, na Grande São Paulo, têm oito  candidatos à prefeitura. Para a Câmara dos Vereadores, 235 políticos buscam uma das 13 vagas no legislativo. A cidade tem 23 mil eleitores e a votação será em 15 de novembro. O município não tem segundo turno.

Image

Biritiba Mirim, na Grande SP, tem 23 mil eleitores @Divulgação

Eleito vice-prefeito em 2016, Walter Tajiri (PTB) assumiu a prefeitura no meio do mandato, após afastamento de Professor Jarbas (PV). Este ano, Tajiri disputa a reeleição com Catia Vieira (Republicanos) como candidata a vice. (Proposta registrada por Walter)

O ex-prefeito Carlos Alberto Júnior, o Inho (PL), também entrou na disputa. Ele governou a cidade por duas gestões, entre 2009 e 2016. Inho tem cinco partidos na coligação e Adriana Rufo (PL) vice. (Proposta registrada por Inho)

Entre os candidatos há apenas uma mulher: Néia Calçados (Podemos) que concorre ao lado de Doutor Fabio Cerci (Podemos). (A proposta de Néia Calçados não constava no site da Justiça Eleitoral até a publicação deste texto) 

Também está na disputa Reinaldo Júnior (PSD), eleito vereador na última eleição e que conta com o apoio de quatro partidos na disputa. Ele tem como vice Edson da Farmácia (DEM). (Proposta registrada por Júnior)

No PRTB, Nelsinho do Jornal está na corrida eleitoral para a prefeitura com Professora Nair (PRTB) completando a chapa (Proposta de Nelsinho). Fecham a lista Chakal (PSC) em dobrada com Dbeasi (PSC) (Proposta de Chakal) e Professor Ezequias (PT) com Regina (PT) vice. (Proposta de Ezequias)

A campanha começou em 27 de setembro e os candidatos podem gastar até R$ 123 mil para fazer campanha no primeiro turno. 

VEJA TAMBÉM:
Confira a cobertura das eleições 2020 nas periferias da Agência Mural
Quanto podem gastar candidatos a prefeito e vereador na Grande SP
A um ano da eleição, Grande SP tem 500 obras paradas ou atrasadas

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.