• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Eleições em Mauá: quem são os candidatos a prefeito em 2020

Com mais de 306 mil eleitores, cidade fica no Grande ABC e 13 candidatos na disputa

As eleições em Mauá, na região do ABC, na Grande São Paulo, tem 13 candidatos à prefeitura. Para a Câmara dos Vereadores, 642 políticos buscam uma das 23 vagas no legislativo. A cidade tem 306 mil eleitores e a votação será em 15 de novembro. O município pode ter segundo turno.

Eleito pela primeira vez em 2016, o prefeito Átila Jacomussi (PSB) disputa a reeleição com seis partidos na coligação. Rompido com a vice-prefeita Alaide Damo (MDB) desde o período em que ficou fora do cargo, Átila escolheu como vice Israel Aleixo (PSB). (Proposta de governo registrada por Átila)

Entre os adversários está a ex-deputada estadual Vanessa Damo (MDB). Ela é filha da vice-prefeita, Alaide. Marco Ratti (MDB) é o candidato a vice. (Proposta de Vanessa)

O ex-prefeito Donisete Braga (PDT) tenta voltar ao comando da cidade após quatro anos. Ele governou a cidade entre 2013 e 2016 quando estava no PT. Na eleição deste ano, ele lançou Teka (PDT) de vice. (Proposta registrada por Braga)

Com uma coligação de cinco partidos, Juiz João (Republicanos) disputa pela primeira a prefeitura da cidade. Ele concorre com Luizão da Comunidade (Cidadania) de candidato a vice. (Proposta de Juiz João)

Prefeitura de Mauá, uma das cidades com mais candidatos na Grande São PauloEvandro/Prefeitura de Mauá

O PSDB lançou Zé Lourencini para prefeito. O tucano tem apoio de três partidos e Doutor Tchello Pierro (DEM) na dobrada. (Proposta de Lourencini)

O vereador Marcelo Oliveira (PT) também concorre ao cargo de chefe do executivo com Celma Dias (PT) formando a chapa puro sangue. (Proposta de Oliveira)Outro vereador na corrida eleitoral é Professor Betinho (PSL) com Tenente Mesquita vice (Proposta de Betinho).

Partido criado recentemente, a UP (Unidade Popular) tem Amanda Bispo para prefeita com Felipe Galisteo, do mesmo partido, vice. (Proposta de Amanda) Já o PSOL tenta emplacar André Spanos, que disputa eleições para vereador e deputado desde 2008. Livia Oggioni completa a chapa. (Proposta de Spanos).

Também concorrem para a prefeitura o Policial Federal Mauro Roman (PRTB) ao lado de Doutor Davi Silva (PRTB) (Proposta de Mauro Roman); Ronaldo Pedrosa (PP) com Doutor Daniel Tavares (PP) (Proposta de Pedrosa); Caio Tulio (PCO) com Aline Correa (PCO); e a dobrada formada por Doutora Roseni (PMN) e Doutora Jessica Russo (PMN). 

As propostas de Caio Tulio e Doutora Roseni não constavam no site da Justiça Eleitoral até a publicação deste texto.   

A campanha começou em 27 de setembro e os candidatos podem gastar até R$ 1,8 milhão para fazer campanha no primeiro turno. 

VEJA TAMBÉM:
Veja quanto podem gastar candidatos a prefeito e vereador na Grande SP
A um ano da eleição, Grande SP tem 500 obras paradas ou atrasadas
Confira a cobertura das eleições 2020 nas periferias da Agência Mural

 

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Grande São Paulo

Comentários