APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Democratize-se!

Eleições em Suzano: quem são os candidatos a prefeito em 2020

Uma das cidades do Alto Tietê tem seis candidatos à prefeitura; nenhuma mulher está à frente das candidaturas

Image

Por: Ira Romão

Notícia

Publicado em 29.10.2020 | 19:06 | Alterado em 29.10.2020 | 19:07

Tempo de leitura: 1 minuto
Image

Bairro Vila Fátima, distrito de Palmeiras, Suzano @Renan Omura/Agência Mural

As eleições em Suzano, cidade do Alto do Tietê, na Grande São Paulo, tem seis candidatos na disputa pela prefeitura. Para a Câmara dos Vereadores, 432 políticos buscam uma das 19 vagas no legislativo. A cidade de 217 mil eleitores vota em 15 de novembro e pode ter segundo turno.  

Eleito em 2016, o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) busca a reeleição e conta com oito partidos na coligação. Para vice-prefeito, ele mantém Walmir Pinto (PDT) . (Proposta de governo registrada por Rodrigo Ashiuchi)

Na disputa está o ex-vereador Israel Lacerda (PSL) que também concorreu ao cargo de prefeito nas eleições de 2016, quando era do PTB, e perdeu para o atual prefeito no segundo turno. Soldado Eduardo (Patriota) é o candidato a vice. (Proposta de governo registrada por Lacerda)

Outro candidato que também disputou a eleição passada foi o Professor Rodrigo Assis (PCdoB). Na ocasião ele era filiado ao PSOL e não chegou a 1% dos votos. Seu vice é Tarcisio Boaventura, também do PCdoB.  (Proposta de governo registrada por Rodrigo Assis)

Com cinco partidos na coligação, o DEM lançou Jorginho Romanos para disputar a prefeitura e a Professora Sueli como vice. (Proposta de governo registrada por Jorginho Romanos)

O ex-vereador Derli Dourado (PT) também está na disputa. Ele tem como candidato a vice-prefeito o Professor Luciano (PSOL). (Proposta de governo registrado por Derli). Fecha a lista o vereador Lisandro (Avante), que era do PSD. A vice é a colega de legenda Professora Selma. (Proposta de governo registrada por Lisandro)

A campanha começou oficialmente em 27 de setembro e os candidatos podem gastar pouco mais de R$ 2 milhões para fazer campanha no primeiro turno. Veja quanto podem gastar candidatos a prefeito e vereador na Grande SP.

VEJA TAMBÉM:
A um ano da eleição, Grande SP tem 500 obras paradas ou atrasadas; confira os projetos de Osasco
Confira a cobertura das eleições 2020 nas periferias da Agência Mural

 

Ira Romão

Jornalista, fotojornalista e apresentadora de podcast. Atuou em comunicação corporativa. Já participou de diferentes projetos como repórter, fotógrafa, verificadora de notícias falsas e enganosas. Foi uma das apresentadoras do ‘Em Quarentena” e da série sobre mobilidade nas periferias. Ama ouvir histórias, dançar, karaokê e poledance. Correspondente de Perus desde 2018.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.