• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Em Guarulhos, Carlos Stenio faz artes no Instagram para ensinar biologia

Estudante de biologia, ele criou o Biologia Aplicada, para explicar para crianças sobre ciências naturais; nas últimas semanas também trouxe conteúdo sobre a Covid-19

No desenho Bob Esponja, o vilão Plancton tenta dominar o restaurante Siri Kaskudo por meio de mentiras e trapaças. O exemplo pareceu ótimo para Carlos Stenio, 24,  explicar o que é a Covid-19 para crianças e adolescente.

O estudante, morador do Jardim Hannah, em Guarulhos, na Grande São Paulo, está no último ano de Ciências Biológicas da UNG (Universidade de Guarulhos), e transformou um trabalho realizado em 2018 num projeto voltado para a sua profissão, o Biologia Aplicada.

Crédito: Arquivo PessoalCarlos Stenio estuda biologia e criou Biologia Aplicada

Tudo começou com a matéria ‘Tópicos Integradores’ da professora Fernanda Dall’ara. Com o tão sonhado “tema livre”, o estudante teve a ideia de falar sobre os Poríferos, também chamados de esponjas do mar. O tema não havia sido ensinado em sala de aula até então e a missão ficou para Carlos. Foi quando decidiu usar um episódio do Bob Esponja para falar sobre biologia.

“Naquela época [2018] o meu objetivo era apenas apresentar o trabalho, mas hoje tem como missão ensinar para as pessoas de maneira didática, temas que parecem invisíveis no nosso dia-a-dia, mas que estão bastante visíveis”, comenta Carlos.

‘Salve o Mundo do Coronavírus’, por exemplo, foi o último conteúdo de três da série sobre a Covid-19 publicado no Instagram. Aliás, é por lá que o estudante disponibiliza toda a série. 

O objetivo foi explicar para uma parcela do seu público, de 12-15 anos, o que era o vírus por meio dos desenhos e ressaltar alguns outros temas, como a fake news, importância da ciência e prevenção.

“Passei a receber muitas mensagens de adolescentes que não entendiam o que era o coronavírus, principalmente sobre a transmissão do vírus, então resolvi transformar o Biologia Aplicada em uma fonte de divulgação com informações seguras”, diz Carlos. 

“Essa série de três posts, fez com que universidades entrassem em contato comigo para falar sobre a Covid-19, aplicado em desenhos, para os alunos em aulas online e também pessoalmente quando tudo isso passar”, complementa.

A faculdade de biologia não foi a primeira opção do Carlos, que pensava em fazer veterinária por gostar do trabalho e do contato com os animais. Mas a vontade de ensinar falou mais alto. “Quero me aproximar mais da natureza, conseguir dar aulas e passar para as pessoas tudo o que aprendi”.

Crédito: ReproduçãoArtes inspirada em Alice no País das Maravilhas

O projeto já ultrapassou 30 episódios e abriu portas para o estudante. Alguns dos conteúdos ficam hospedados no site do Greenpeace, organização que atua contra problemas ambientais e desenvolve soluções para um futuro verde.

“Consigo mostrar que tem espaço para todos nessa área, independente da orientação sexual, religião, cultura e idade”, diz Carlos.

CORONAVÍRUS EM GUARULHOS

Nesta semana, a Grande São Paulo ultrapassou 10 mil vítimas pela Covid-19. Em Guarulhos, o número de casos confirmados de coronavírus (Covid-19) chegou a 7.130 nesta quarta-feira (24), com 510 mortes, segundo o Boletim Epidemiológico atualizado diariamente pela Secretaria Municipal da Saúde. Há outros 50 óbitos em investigação.

O Centro de Combate ao Coronavírus (3C-Gru) tem 54 pacientes internados, sendo 18 na UTI, 32 em leitos de enfermaria e quatro em observação. 

Mesmo diante de um cenário em que casos do novo coronavírus continuam sendo confirmados, a taxa de ocupação dos leitos de UTI e enfermaria permanecem abaixo de 75%, sendo 70,8% e 66%, respectivamente. 

Jéssica Souza

Jornalista, santista, cofundadora e correspondente de Guarulhos desde 2013. Trabalha com criação de conteúdo para redes sociais, amante da fotografia e viciada em chocolate.

Guarulhos

Comentários