APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias

Por: Cleberson Santos | Paulo Talarico

Notícia

Publicado em 05.10.2022 | 17:51 | Alterado em 14.10.2022 | 23:13

Tempo de leitura: 2 min(s)

Familiares de prefeitos, integrantes de movimentos sociais e comunicadores estão entre os deputados federais e estaduais eleitos na Grande São Paulo.Levantamento feito pela Agência Mural aponta que 31 candidatos de 12 cidades da região metropolitana foram eleitos. O ABC paulista foi quem mais fez cadeiras: 14.

Ao todo foram 10 deputados federais e 21 deputados estaduais das cidades vizinhas à capital. Entre os partidos, PT, com oito parlamentares, e PL, com quatro, foram os que conquistaram mais vagas.

Para a Câmara Federal, o mais votado da Grande São Paulo foi o radialista e religioso Fabio Teruel (MDB). Com domicílio em Barueri, Teruel somou 235.165 votos e foi o 14º mais votado no Estado.

Outro comunicador local famoso, Eli Corrêa Filho (União Brasil), de Guarulhos, não renovou a presença no Congresso. A cidade que tem o segundo maior eleitorado da Grande São Paulo conseguiu eleger o ex-vereador Alencar Santana (PT) com 139 mil votos. Jorge Wilson (Republicanos) e Márcio Nakashima (PDT) conquistaram vagas na Alesp (Assembleia Legislativa).

Ao menos oito cidades tiveram familiares de prefeitos na disputa e boa parte deles se elegeram. Bruna Furlan (PSDB) foi a 13ª deputada estadual mais votada no estado, com 195.436 votos. Ela é filha do prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB) e é deputada federal desde 2011. Desta vez optou pela Assembleia Legislativa ao invés da reeleição.

No ABC paulista, a primeira-dama de Santo André, Ana Carolina Serra (Cidadania) foi eleita, assim como a primeira-dama de São Bernardo do Campo, Carla Morando (PSDB), reeleita este ano. Além delas, o filho do prefeito de São Caetano do Sul, Thiago Auricchio, também conquistou a reeleição.

Em Osasco, Gerson Pessoa (Podemos), ex-secretário e cunhado de Rogerio Lins (Podemos), conquistou o primeiro mandato, enquanto na outra ponta da Grande São Paulo, Rodrigo Gambale (Podemos) foi eleito por Ferraz de Vasconcelos.Ele é irmão da prefeita da cidade.

Apesar disso, alguns familiares ficaram de fora. Ely Santos, irmã do prefeito de Embu das Artes, Ney Santos (Republicanos) não foi eleita.

Em São Bernardo do Campo também há uma forte influência da política local nas eleições estaduais. O ex-prefeito Luiz Marinho (PT) conquistou mais de 156 mil votos, enquanto o atual vice-prefeito Marcelo Lima (SD) ficou na casa dos 110 mil votos. Somam-se a eles, Alex Manente (Cidadania), reeleito. O PT na cidade fez ainda os deputados Barba (PT) e Luiz Fernando (PT)

Para além desse perfil, a Grande São Paulo também teve integrantes de movimentos sociais, como Ediane Maria (PSOL), de Santo André, e o Coletivo Pretas, composto por sete mulheres de várias cidades da região metropolitana.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Cleberson Santos

Correspondente do Capão Redondo desde 2019. Do jornalismo esportivo, apesar de não saber chutar uma bola. Ama playlists aleatórias e tenta ser nerd, apesar das visitas aos streamings e livros estarem cada vez mais raras. Em novembro de 2022, passou a fazer parte da Report For The World, programa desenvolvido pela The GroundTruth Project.

Paulo Talarico

Editor-chefe e cofundador da Agência Mural, é formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em História pela Universidade de São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.

Nenhum campo encontrado.