APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
No Corre

Conheça Cidade Ademar; ouça o podcast

A correspondente da Agência Mural, Carolina Figueiredo e o rapper Cayman nos guiam no passeio deste distrito da zona sul, divisa com Diadema

Image

Por: Redação

Notícia

Publicado em 18.11.2020 | 18:44 | Alterado em 22.11.2021 | 16:00

Neste episódio o “Em Quarentena” foi até o distrito de Cidade Ademar, na zona sul de São Paulo, saber como é viver por lá. Moradora da região, a correspondente da Agência Mural, Carolina Figueiredo e o rapper Cayman apresentaram o distrito que fica na divisa com Diadema. 

Carolina abriu o programa relatando que por lá as pessoas todas se conhecem.  “É um bairro muito antigo, que começou a se formar ali na década de 60 e que tem moradores que moram aqui há muito tempo. A minha família mora há mais de 40 anos e muitas outras famílias do bairro também e por isso você cria esse senso de coletivo que é maior, você tem as pessoas morando no lugar há muito tempo”. (ouça a partir de 00:01)

O distrito de Cidade Ademar fica na subprefeitura de mesmo nome, que também conta com o distrito de Pedreira. Até 1996, a região fazia parte de Santo Amaro, sendo uma parte mais periférica do centro urbano de lá. 

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, só em Cidade Ademar vivem cerca de 266 mil pessoas. Dessas, 50% são negras. 

Distante do centro, a região apresenta alguns desafios. A correspondente da Agência relatou que a saúde, é um deles. E que, inclusive, é um dos problemas que ficou ainda mais evidente com a chegada do coronavírus devido a falta de hospitais na região.

“As unidades mais próximas ficam em outros distritos, em Pedreira, que é o distrito colado à Cidade Ademar, tem o Hospital Geral de Pedreira e no Jabaquara tem o Hospital Geral Saboia, que é pronto socorro. Mas em Cidade Ademar, no distrito, você não tem nenhum hospital”. (a partir de 01:26)

Ela falou também sobre a falta de leitos de UTI na Cidade Ademar durante a pandemia, com a necessidade do uso de leitos de UTIs para o tratamento de Covid. “Então todos os moradores que tiveram Covid, que precisaram de leito de UTI tiveram que ser internados em outros distritos”. (ouça em 02:07)

De acordo com dados da secretaria municipal de saúde, atualizados em 29 de outubro, 279 pessoas morreram de Covid-19 no distrito e 124 estavam com suspeita da doença.

Outro problema da Cidade Ademar é a falta de equipamentos públicos de cultura. De acordo com o Mapa da Desigualdade, da Rede Nossa São Paulo, não há nenhum no distrito. Também faltam centros culturais, museus, salas de show e teatros. 

Figueiredo comentou que muitos jovens buscam os bailes funks para se divertir, o que acaba virando um motivo de conflito entre os moradores e que, inclusive, já gerou até problema de violência. 

“Já teve várias questões porque os jovens, a galera que curte o funk quer fazer o baile na rua, com música alta e os moradores que são mais velhos, enfim, que vão acordar mais cedo no outro dia ficam incomodados e gera esse impasse entre os moradores”. (em 02:54)

Além dos desafios, o podcast da Agência Mural mostrou também que essa subprefeitura é cheia de coletivos bem bacanas.  

E quem falou sobre isso foi Cayman, rapper e produtor musical da região. Atualmente, ele é um dos organizadores da batalha da feira livre, uma batalha de rap que acontece há 5 anos em Cidade Ademar e reúne diversos jovens da região.

“A criança, o jovem, o adolescente, o adulto todo mundo tem o que dizer, às vezes. só não sabem como. Esses jovens chegam lá e sabem dizer isso em rimas e isso é fascinante. A melhor parte de tudo isso é poder fazer de forma musical. Ali eles conseguem extravasar isso e voltar para casa felizes de ter ganhado algo, de ter sido melhor em algo, de não ser tratado como lixo sempre”. (em 03:53)

Por causa do coronavírus, a batalha da feira livre está suspensa. Mas se você quiser conhecer depois da pandemia, ela é realizada todas as quintas-feiras às 19h30, na Praça da Feira Livre, antiga Praça Ligia Maria S. Nóbrega, na altura do número 3.300 da Av. Cupecê. Outra opção é buscar por “batalha da feira livre” no Youtube.

Para saber mais sobre Cidade Ademar e outros subprefeituras de São Paulo, acesse o site 32xsp.org.br

Ouça este bate papo completo no Em Quarentena #60 – Segunda Temporada –   Conheça Cidade Ademar.

Podcast Em Quarentena

Viver em meio ao coronavírus não deve estar sendo fácil para ninguém. Imagina então para quem vive nas periferias. 

O “Em Quarentena” é o podcast especial que a Agência Mural de Jornalismo das Periferias criou neste momento da pandemia. Queremos informar, com notícias do dia a dia, quem mais precisa se virar meio a esse caos.

Você pode receber o podcast diretamente no seu Whatsapp, enviando um “Oi” para +55 11 9 7591 5260. Ouça também no Instagram, Youtube, Spotify, Deezer, Apple e Google Podcast

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.