APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Notícias

A música no combate ao coronavírus; ouça o podcast

De paródias no Pará ao rap delivery em Paraisópolis, solta o play!

Image

Por: Redação

Notícia

Publicado em 17.04.2020 | 18:03 | Alterado em 16.12.2020 | 18:07

Cada um usa as armas que tem para combater a pandemia. O “Em Quarentena” foi conhecer uma galera que resolveu falar da importância da proteção à Covid-19 de uma forma diferente e divertida, utilizando música.  

Estela e a Lily são do Povo Kumaruara, da Aldeia Solimões do Rio, no Pará, lá no norte do Brasil. Elas são universitárias e fazem parte do “Coletivo Jovem Tapajônico”. O coletivo faz adaptações de músicas para informar e conscientizar sobre o coronavírus. 

Lily falou sobre o coletivo. “Trabalhamos com diversas formas de conscientização, através de paródias e também palestras. Devido a pandemia vimos a necessidade de produzir conteúdo como uma forma de ajudar as pessoas no combate à Covid-19. Então surgiu a ideia de compormos paródias”. (ouça a partir de 00:54)

E também comentou sobre a opção de utilizar músicas. “Tem gente que não gosta de ler cartilhas e textões nas redes sociais. Então a música ajuda muito. As pessoas da nossa aldeia gostaram da iniciativa e nos apoiaram a fazer mais”. (a partir de 01:47)

O rapper Edson, morador de Paraisópolis, a segunda maior favela de São Paulo, apresentou o som do freestyle delivery que ele e os amigos fazem para conscientizar a população, percorrendo de moto as ruas da comunidade. 

“Eu tinha uma caixa autônoma, então resolvi colocar na traseira da moto, encontrei alguns amigos na rua que também já mandavam rimas e começamos a fazer algumas rimas improvisadas. E virou o freestyle”. (ouça em 02:42)

O MC Martelo, da dupla “Foice e Martelo”, do Grajaú, na zona sul de São Paulo, contou como surgiu a  música “Rap dos Informais” que denuncia as desigualdades sociais evidenciadas ainda mais pelo coronavírus. 

“Eu tenho vários amigos e parceiros que são informais e trabalham em trens vendendo e outros que trabalham por aplicativos, e vendo a situação na qual estamos colocados, que é passar fome em casa ou ter que sair para as ruas e se arriscar a pegar o corona, achei importante colocar essa situação”. (em 03:51)

O MC também enfatizou que o rap é uma homenagem a um marreteiro da região que faleceu por conta da Covid-19.

Ouça este bate papo completo no Em Quarentena #19: A música no combate ao coronavírus.

Podcast Em Quarentena

Viver em meio ao coronavírus não deve estar sendo fácil para ninguém. Imagina então para quem vive nas periferias. 

O “Em Quarentena” é o podcast especial que a Agência Mural de Jornalismo das Periferias criou neste momento da pandemia. Queremos informar, com notícias do dia a dia, quem mais precisa se virar meio a esse caos.

Você pode receber o podcast diretamente no seu Whatsapp, enviando um “Oi” para +55 11 9 7591 5260. Ouça também no Instagram, Youtube, Spotify, Deezer, Apple e Google Podcast

Redação

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias tem como missão minimizar as lacunas de informação e contribuir para a desconstrução de estereótipos sobre as periferias da Grande São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.