APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias

Por: Lucas Veloso

Notícia

Publicado em 24.06.2021 | 22:57 | Alterado em 22.11.2021 | 21:36

Em meio à alta de preços que tem feito famílias improvisarem pedaços de madeira para poder cozinhar, o estado de São Paulo iniciará no mês de junho o Vale Gás. O programa foi anunciado na quinta-feira (17) pelo governo estadual.

O programa prevê três parcelas de R$ 100, a cada dois meses, totalizando R$ 300. A ideia é que famílias mais pobres possam comprar botijão de gás com a quantia.

Segundo o governo estadual, a iniciativa vai atender famílias em situação de vulnerabilidade, que vivem em comunidades e favelas. No entanto, beneficiários do Bolsa Família não foram incluídos na conta.

No total, devem ser beneficiadas 100 mil famílias na pobreza e extrema pobreza (renda mensal per capita de até R$ 178) inscritas no CadÚnico (sem Bolsa Família), residentes em comunidades e favelas de 82 municípios paulistas.

As famílias podem saber se têm direito ao benefício nos sites www.valegas.sp.gov.br ou www.bolsadopovo.sp.gov.br, onde constam todos os critérios de elegibilidade para o benefício.

Quem não tiver acesso à internet, pode pedir informações nos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social) mais próximos de casa.

Gás de cozinha tem sido um dos produtos que mais subiram o preço nos últimos meses @Lucas Veloso/Agência Mural

FALTA DE GÁS

Desde o começo da pandemia, a Agência Mural acompanha como a população tem feito para sobreviver em meio a alta do desemprego em um país em que 27 milhões vivem abaixo da linha da pobreza.

Com a crise e o aumento nos preços, moradores das periferias não conseguem comprar gás de cozinha e preparam alimentos no fogo a lenha em várias favelas da Grande São Paulo.

Uma das histórias contadas é de Tânia Pereira Rocha, 49, moradora da comunidade Porto de Areia, em Carapicuíba, cidade da região oeste da Grande São Paulo. Sem dinheiro para o gás, passou a usar lenha no preparo dos alimentos.

PERGUNTAS MAIS FREQUENTE

O que é?

O Vale Gás é um programa de transferência de renda para compra de botijão de gás de cozinha (GLP 13kg), voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade social residentes de comunidades e favelas de 82 municípios do estado de São Paulo.

Quem poderá receber?

Famílias inscritas no CadÚnico até 19/02/2021, com cadastro que tenha sido atualizado nos últimos 24 meses e que não recebam o Bolsa Família, com renda familiar per capita de até R$ 178 (priorizando famílias com renda de até R$ 89) e morando em locais que possuam um grande número de famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Como funcionará o benefício?

O benefício do Vale Gás pagará três parcelas de R$ 100 bimestrais, entre julho e dezembro de 2021, totalizando R$ 300. Ao todo, atenderá 100 mil famílias.

Por que é importante atualizar o cadastro no Portal Bolsa do Povo?

A atualização do cadastro concede informações de contato para que o governo do estado de São Paulo possa enviar detalhes e informações complementares sobre os benefícios.

Lucas Veloso

Jornalista, cofundador e correspondente de Guaianases desde 2014.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.