• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Saiba o que vai rolar na edição online da PerifaCon, a ‘Comic Con das favelas’

Evento será nos dias 26, 27 e 28 de março e reúne painéis temáticos, ciclos de formação e concurso de Cosplay

A PerifaCon, conhecida como a “primeira Comic Con das favelas”, lança o festival PerifaCon, Brotando nas Redes, com três dias de programação online e gratuita sobre o universo nerd, geek e pop. 

O evento será nos dias 26, 27 e 28 e vai reunir painéis temáticos, um ciclo de formação para quadrinistas e ilustradores chamado de “Ciclo Narrativas Periféricas”, além do aguardado concurso de Cosplay nesta edição, a competição será dedicada dedicado à comunidade negra e vai garantir ao vencedor, escolhido por voto popular, o prêmio de 1 mil reais. 

1 / 11
Imagem da galeria
Wellington Silva, como Pantera Negra, foi o vencedor do Concurso de Cosplay em 2019 Rômulo Cabrera/Agência Mural
2 / 11
Imagem da galeria
Garota vivencia o Super Choque, desenho da Warner (Rômulo Cabrera/Agência Mural) Rômulo Cabrera/Agência Mural
3 / 11
Imagem da galeria
Lanterna Verde foi um dos jurados do concurso em 2019 Rômulo Cabrera/Agência Mural
4 / 11
Imagem da galeria
Roger Rabit participou do concurso de Cosplay Rômulo Cabrera/Agência Mural
5 / 11
Imagem da galeria
O lendário encontro entre Batman e um personagem de Naruto Rômulo Cabrera/Agência Mural
6 / 11
Imagem da galeria
Na PerifaCon, meninas se fantasiaram Mário e Luigi, personagens de vídeo game famosos nos anos 1990 Rômulo Cabrera/Agência Mural
7 / 11
Imagem da galeria
Fantasia de Rosie, robô do desenho futurista “Os Jetsons” Rômulo Cabrera/Agência Mural
8 / 11
Imagem da galeria
Personagem Quebra Mundos do game “League Of Legends” Rômulo Cabrera/Agência Mural
9 / 11
Imagem da galeria
Concurso mobilizou homens e mulheres com fantasias que foram de desenhos japoneses a games Rômulo Cabrera/Agência Mural
10 / 11
Imagem da galeria
Evento reuniu mais de 4 mil pessoas no Capão Redondo (Rômulo Cabrera/Agência Mural) Rômulo Cabrera/Agência Mural
11 / 11
Imagem da galeria
André Luiz, como Capuz Vermelho, foi 2º colocado em 2019 Rômulo Cabrera/Agência Mural

A primeira edição da PerifaCon foi realizada em março de 2019 e reuniu cerca de 7 mil pessoas na Fábrica de Cultura do Capão Redondo, na zona sul de São Paulo. Devido à pandemia de Covid-19, a segunda edição estava prevista para abril, de forma presencial, mas precisou ser adiada

De acordo com os organizadores, o festival busca enaltecer a força da periferia no cenário nerd, geek e pop. 

VEJA TAMBÉM:
Na zona leste, filme mostra lendas do Rio Tietê e discute preservação

“Fizemos da exclusão a motivação para criar a PerifaCon. Com o ‘Brotando’ queremos continuar incentivando a cultura nerd periférica e criando pontes entre os artistas e as marcas”, conta Luíza Tavares, relações públicas e uma das criadoras do evento.

Viabilizado por meio da Lei Aldir Blanc, todas as atividades do festival são inteiramente gratuitas e abertas ao público nas redes sociais nos formatos “live” e “gravado”. Para saber mais e se cadastrar é só acessar o site oficial do evento.

SERVIÇO: 
Festival PerifaCon, Brotando nas Redes 
Quando: 26, 27 e 28 de março de 2021, a partir das 18h
Onde: https://perifacon.com.br/brotando-nas-redes/ e YouTube da PerifaCon

Ana Beatriz Felicio

Jornalista e correspondente de Carapicuíba desde 2018. Curiosa, vive com a cabeça no mundo da lua. Gosta de conhecer pessoas e descobrir o que as motiva a acordar todos os dias. Apaixonada por novas aventuras, histórias, gostos e lugares. É daquelas que está sempre viajando, quando não fisicamente, com a ajuda de algum livro de fantasia ou de um bom filme.

Carapicuíba

Comentários