• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

São Paulo desigual: série vai mostrar diferenças entre subprefeituras; ouça o podcast

Um claro exemplo dessa desigualdade é a média de idade ao morrer, enquanto na Cidade Tiradentes, na zona leste da cidade, a média seja 58 anos, no Jardim Paulista, na zona oeste, é de 81 anos

São mais de 12 milhões de moradores que vivem na cidade de São Paulo, divididos em 32 subprefeituras, que são como pequenas cidades dentro de uma cidade maior.

Embora São Paulo seja uma das cidades mais ricas do Brasil e ser referência em cultura, ela é também extremamente desigual. 

No episódio de hoje o “Em Quarentena” falou sobre as desigualdades dessa cidade e também sobre o quadro “Giro pelas 32”, parceria do portal 32xSP com a rádio CBN, que trata justamente dessas desigualdades.

O programa enfatizou, por exemplo, que a média de idade ao morrer na Cidade Tiradentes, na zona leste de SP, é de cerca de 58 anos, enquanto no Jardim Paulista, na zona oeste, é de 81 anos. 

Apontou ainda que na Barra Funda existem cerca de oito salas de cinema para cada 100 mil habitantes, enquanto vários distritos não possui nenhum.  

O podcast lembrou também que tem gente que demora horas para chegar ao trabalho, fica meses esperando uma vaga na creche ou ainda nem tem saneamento básico em casa.

As diferenças em São Paulo vão desde o orçamento anual, ou seja, a grana que vai para cada uma delas, até o acesso a serviços públicos, como o número de hospitais, de creches, de escolas. Coisas que impactam totalmente a vida de todos.

Carolina Guimarães, coordenadora da Rede Nossa São Paulo, comentou que é muito importante que essas desigualdades da cidade sejam apontadas e discutidas. 

“A importância de discutir a desigualdade entre subs e distritos é entender que diferentes pessoas não deveriam ter qualidades de vida tão diferentes, que você caminhar 30km de distância não deveria diminuir a idade média a morrer”. (ouça a partir de 01:36)

E é por isso, que o 32xSP firmou uma parceria com a rádio CBN São Paulo para entrar ao vivo, todos os dias, e dar um giro pela cidade para mostrar as diferenças entre cada uma das 32 subprefeituras. 

Quem apresenta esses dados é Vagner de Alencar, o apresentador da primeira temporada do “Em Quarentena”. 

Eduardo Silva, repórter do 32xSP, explicou a parceria. “O ‘Giro pelas 32’ é transmitido de segunda a sexta-feira na CBN São Paulo. É só sintonizar a 90.5 FM na sua rádio ou ouvir pela internet, tanto no site da CBN como pelo Twitter e Youtube, sempre a partir das 11h”. (a partir de 02:30)

Para saber mais sobre as desigualdades na cidade e conferir os programas que já foram ao ar, não deixe de acessar o site 32xsp.org.br.

Ouça este bate papo completo no Em Quarentena #27 – Segunda Temporada: São Paulo desigual.

Podcast Em Quarentena

Viver em meio ao coronavírus não deve estar sendo fácil para ninguém. Imagina então para quem vive nas periferias. 

O “Em Quarentena” é o podcast especial que a Agência Mural de Jornalismo das Periferias criou neste momento da pandemia. Queremos informar, com notícias do dia a dia, quem mais precisa se virar meio a esse caos.

Você pode receber o podcast diretamente no seu Whatsapp, enviando um “Oi” para +55 11 9 7591 5260. Ouça também no Instagram, Youtube, Spotify, Deezer, Apple e Google Podcast.

Ira Romão

Jornalista e fotógrafa, correspondente de Perus desde 2018. Atuou quase 10 anos em comunicação corporativa, dedicando-se à responsabilidade social e jornalismo corporativo. Apaixonada por contar histórias e registrar pessoas e momentos por meio da fotografia.

Perus, São Paulo

Comentários