APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

DOE MENSALMENTE PELO CATARSE

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias

Por: Cleberson Santos

Notícia

Publicado em 19.01.2022 | 20:36 | Alterado em 24.01.2022 | 20:20

O jornalista Caê Vasconcelos, correspondente da Agência Mural na Vila Nova Cachoeirinha, zona norte da capital, vai lançar neste sábado (29) uma nova edição de seu primeiro livro: “Transresistência: Pessoas Trans no Mercado de Trabalho”.

Publicado pela editora Dita Livros, “Transresistência” relata as dificuldades que pessoas trans enfrentam para conseguir empregos e também garantir direitos básicos como saúde, educação e moradia.

“Como foi o afeto familiar, como foi o acesso à educação, aos relacionamentos. Tudo isso acaba interferindo no destino de uma pessoa trans”, conta o jornalista.

Correspondente da Agência Mural, Caê Vasconcelos lança livro no Dia da Visibilidade Trans @Allan Martin/Divulgação

Trata-se de uma adaptação do livro feito por Caê para o trabalho de conclusão do curso de jornalismo, em 2017.

Essa nova versão conta com cinco perfis que já estavam no TCC, além de oito novos personagens, incluindo aí a vereadora Erika Hilton (PSOL-SP) e o próprio Caê.

“Tem cinco anos que escrevi a primeira versão desse livro e muita coisa mudou. Não tem como não reconhecer que a gente teve avanços, observa ele.

“A transgeneralidade está mais pautada, a gente está conseguindo, por conta da internet principalmente, ter um alcance maior, mas tem muita coisa que eu falo ‘meu deus, como isso continua?'”

Caê Vasconcelos

O livro será lançado em 29 de janeiro, data que não foi escolhida por acaso: desde 2004 é celebrado Dia da Visibilidade Trans nesse dia. O evento será na Livraria Martins Fontes, na Avenida Paulista.

“Nem imagino a proporção que esse livro pode alcançar, mas eu espero que quem o pegue entenda que não dá mais. Parafraseando Angela Davis, não basta apenas não ser transfóbico, é preciso combater a transfobia.”

Caê Vasconcelos atuou como repórter da Ponte Jornalismo por quase quatro anos e foi o primeiro jornalista trans a ocupar a bancada do tradicional programa de entrevistas Roda Viva, da TV Cultura.

serviço

Horário de funcionamento: 29/1 das 14h às 17h

Endereço: Avenida Paulista, 509, Cerqueira César – São Paulo

Preço: Entrada gratuita

Cleberson Santos

Jornalista, não sabe chutar uma bola direito, mas se aventura no jornalismo esportivo há alguns anos, e também já escreveu sobre tecnologia e impacto social. Ama playlists aleatórias e tenta ser nerd, apesar das visitas ao Netflix estarem cada vez mais raras. Correspondente do Capão Redondo desde 2019.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.