APOIE A AGÊNCIA MURAL

Colabore com o nosso jornalismo independente feito pelas e para as periferias.

OU

MANDE UM PIX qrcode

Escaneie o qr code ou use a Chave pix:

30.200.721/0001-06

Agência de Jornalismo das periferias
Democratize-se!

Saiba o número dos partidos e quem seu candidato a deputado apoia para presidência

Confira a lista de partidos e como as siglas se posicionam com relação à presidência

Image

Por: Cleberson Santos | Paulo Talarico

Notícia

Publicado em 28.09.2022 | 9:38 | Alterado em 01.10.2022 | 12:10

Tempo de leitura: 3 min(s)

As eleições são domingo (2) e durante a campanha eleitoral sempre é comum ver políticos que querem que você grave apenas o número dele, como se o voto fosse apenas um processo de memorização para o dia da votação. Mas qual posição está por trás desses quatro ou cinco dígitos?

Candidatos a deputado estadual e deputado federal não são eleitos apenas pelos votos dados a eles, mas pela quantidade de pessoas que escolhem o partido.

A definição de quem entra é feita pelo quociente eleitoral – uma conta meio complicada, mas que, na prática, quer dizer que primeiro é observado se o partido todo fez votos suficientes.

EXEMPLO:

Depois de contabilizar os votos válidos, fica definido que são necessários 2.000 votos para eleger 1 deputado.

Se o partido fizer 10 mil votos, elegerá 5 deputados.

Se fizer 4.000 elegerá 2.

Armadilha. Nesse caso, se um partido faz 1.999 não elege ninguém, mesmo que tenha um candidato que seja muito bem votado.

Isso quer dizer que quando você vota em um candidato, está votando nele e também no partido como um todo e nas ideias que este partido defende.

Mas você sabe a posição do partido do seu candidato? Para ajudar nisso, vamos separar aqui os números de cada sigla e quem eles apoiam para presidente. Cabe aos deputados federais aprovarem ou rejeitarem projetos aprovados pelo próximo gestor. Por isso, vale ficar atento.

Os dois primeiros números dos candidatos a federal e a estadual são os números que definem o partido.

Confira abaixo a lista completa dos partidos, o número dele na urna e de qual coligação faz parte:

Qual o número do partido e quem apoia para presidência

1

Partidos com Lula

Candidatos a deputado que começam com os números 13, 18, 36, 40, 43, 50, 65, 70 e 90 são de partidos que apoiam Lula.

13 – PT

18 – Rede

36 – Agir

40 – PSB

43 – PV

36 – Agir

50 – PSOL

65 – PCdoB

70 – Avante

90 – PROS

2

Partidos com Bolsonaro

Candidatos a deputado que começam com números 10, 11 e 22 são de partidos que apoiam Bolsonaro.

10 – Republicanos

11 – PP

22 – PL

3

Partido de Ciro Gomes

Candidatos a deputado que o número começa com 12 estão com Ciro Gomes (PDT).

12 – PDT

4

Partidos com Simone Tebet

Candidatos a deputado que começam com números 15, 19, 23 e 45 são de partidos que apoiam Simone Tebet.

15 – MDB

19 – Podemos

23 – Cidadania

45 – PSDB

5

Outros candidatos

Os números 14, 16, 21, 27, 30, 44 e 80 são de candidatos a deputado de partidos que apoiam oficialmente outros candidatos à presidência.

Soraya Thronicke

44 – União Brasil

Felipe Davila

30 – Novo

Padre Kelmon

14 – PTB

Vera

16 – PSTU

Sofia Manzano

21 – PCB

Eymael

27 – DC

Léo Péricles

80 – UP

6

Sem apoio oficial

Os números 20, 28, 33, 35, 51 e 55 são de legendas que não apoiam oficialmente nenhum candidato à presidência. Na prática, isso libera os candidatos do partido para apoiarem quem preferir no 1º turno. Há partidos como o PSD que tem posições diferentes, dependendo do estado (em Minas apoia Lula e em São Paulo está com Bolsonaro).

Não apoiam ninguém oficialmente:

20 – PSC

28 – PRTB

33 – PMN

35 – PMB

51 – Patriota

55 – PSD

No caso do número 29, o PCO apoia Lula, mas não faz parte da coligação.

Estado

Vale ressaltar que há candidatos que tentam se desvincular do apoio do partido. Além disso, é bem comum que as alianças nos estados sejam diferentes da formada na disputa presidencial.

Em São Paulo, o União Brasil está coligado à candidatura de Rodrigo Garcia (PSDB), porém o partido conta com uma candidata própria para a presidência, Soraya Thronicke.

O PP é outro que não seguiu à aliança nacionalmente, também apoiando Garcia em São Paulo ao invés de Tarcísio de Freitas (Republicanos), candidato do presidente Jair Bolsonaro.

receba o melhor da mural no seu e-mail

Cleberson Santos

Correspondente do Capão Redondo desde 2019. Do jornalismo esportivo, apesar de não saber chutar uma bola. Ama playlists aleatórias e tenta ser nerd, apesar das visitas aos streamings e livros estarem cada vez mais raras. Em novembro de 2022, passou a fazer parte da Report For The World, programa desenvolvido pela The GroundTruth Project.

Paulo Talarico

Editor-chefe e cofundador da Agência Mural, é formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu e em História pela Universidade de São Paulo.

Republique

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias, uma organização sem fins lucrativos, tem como missão reduzir as lacunas de informação sobre as periferias da Grande São Paulo. Portanto queremos que nossas reportagens alcancem outras e novas audiências.

Se você quer saber como republicar nosso conteúdo, seja ele texto, foto, arte, vídeo, áudio, no seu meio, escreva pra gente.

Envie uma mensagem para [email protected]

Reportar erro

Quer informar a nossa redação sobre algum erro nesta matéria? Preencha o formulário abaixo.