• Informações apuradas pela Agência Mural por meio de dados e entrevistas, buscando ouvir todos os lados envolvidos e seguindo nossa linha editorial.
    Notícia

Feriado antecipado divide cidades na Grande São Paulo mais uma vez

Na região metropolitana, regiões do ABC, oeste e sudoeste terão parada em toda próxima semana, mas municípios da região de Guarulhos, Mogi das Cruzes e Mairiporã mantêm dias normais

O feriado prolongado que começa nesta sexta-feira (26) na cidade de São Paulo não será seguido por todas as cidades vizinhas. Ao menos 16 municípios da região metropolitana não terão a pausa prolongada na próxima semana. 

A medida foi anunciada primeiro pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) como tentativa de conter o avanço do coronavírus, no momento em que a pandemia vive o pior momento e os hospitais estão perto de 100% da capacidade ocupada

Para fazer a pausa de dez dias (entre os dias 26 de março e 4 de abril) foram antecipados feriados municipais como o aniversário da cidade e o Dia da Consciência Negra

VEJA TAMBÉM
Confira como está o avanço da pandemia nas cidades da Grande SP
Mulheres das periferias de SP se unem para combater violência

No entanto, a medida anunciada na capital não foi conversada com os demais 38 gestores que fazem parte da Grande São Paulo. A situação repete o que houve ano passado, quando a antecipação dos feriados foi seguida apenas em parte

Não irão seguir o feriado todos os municípios da região do Alto Tietê, assim como a cidade de Guarulhos, a segunda mais populosa da Grande São Paulo, e os da região norte. Moram nessas cidades 3,6 milhões de moradores. 

“Essa paralisação de 10 dias prejudicaria o andamento dos centros logísticos situados na região e essas medidas poderiam afetar o abastecimento de diversos materiais essenciais, como produtos hospitalares e alimentícios”, alegou o Cimbaju (Consórcio Intermunicipal dos Municípios da Bacia do Juquery), onde ficam as cidades de Caieiras, Cajamar, Franco da Rocha, Francisco Morato e Mairiporã.

No caso do Alto Tietê, as prefeituras afirmaram por meio de Condemat (Consórcio de Desenvolvimento do Alto Tietê) que a paralisação causaria “o atraso no andamento de licitações importantes, o aumento nos custos de horas extras com equipes de vacinação e outros serviços públicos”. 

Com isso, as cidades de Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano terão apenas a Paixão de Cristo, na sexta-feira (2) como feriado.

Calçadão de Osasco. Cidade terá feriado antecipado na próxima semana

COM FERIADO

As 22 cidades do ABC Paulista, Região Oeste e Sudoeste, terão paralisação durante toda a próxima semana.  

A região Sudoeste seguirá inteiramente o feriado, e a parada começa desde esta sexta-feira (26 de março) até o dia 4 de abril. Fazem parte dela as cidades de Cotia, Taboão da Serra, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba e São Lourenço da Serra. 

No Grande ABC, as cidades de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, optaram por começar a paralisação a partir de sábado (27). 

No caso da região oeste da Grande São Paulo, as cidades irão adotar modelo semelhante, mas com algumas especificações. Nesta sexta-feira (26) é celebrado o aniversário de Barueri e Carapicuíba, por exemplo. Os municípios canceleram o feriado desta sexta-feira e transferiram para a próxima semana. 

Itapevi, Jandira, Osasco e Santana de Parnaíba também terão a paralisação entre 27 e 4 de abril, enquanto Pirapora do Bom Jesus ainda não informou a situação dos próximos dias. 

VEJA TAMBÉM:
Quem pode parar no feriado?

COMO VAI FUNCIONAR NA GRANDE SP
ABC (Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra): Feriado prolongado a partir do sábado 27. 
Oeste: Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco e Santana de Parnaíba terão parada a partir de sábado (27).
Sudoeste (Cotia, Taboão da Serra, Embu das Artes, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba e São Lourenço da Serra): Feriado começa a partir desta sexta-feira (26)

NÃO TERÃO FERIADO ANTECIPADO 
Regiões do Alto Tietê (Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano e Norte (Caieiras, Cajamar, Franco da Rocha, Francisco Morato e Mairiporã) terão apenas o feriado da Paixão de Cristo, na sexta-feira (2 de abril)

Paulo Talarico

Editor-chefe de jornalismo, cofundador e correspondente de Osasco desde 2011. Formado em jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu, tem pós-graduação em jornalismo esportivo e curso técnico de locução para rádio e TV. Atualmente, estuda História na Universidade de São Paulo. Gosta de café, Osasco, livros, futebol e cinema.

Osasco

Comentários