hero-titulo-v3-2

Foto: Moisés Augusto/Agência Mural

NOTiCIAS-titulo-bg

Notícias

Religiões de matriz africana inspiram negócios nas periferias de Salvador

Praticantes de candomblé buscam referências nas vivências dos terreiros da capital para criar rede de empresas de serviços e produtos

A artesã Rita Capotira, que desenvolve projetos para fortalecer o empreendedorismo feminino em Itapuã

Artesã indigenista promove rede de negócios locais femininos em Itapuã

Rita Capotira criou o Memória Viva de Itapuã que desenvolve ações culturais, educativas e econômicas resgatando a história do bairro
Everton Araújo e seu tio João Fraga, que segura a foto da irmã Julinda, sócios da Casa de Pedra no bairro Fazenda Garcia

Reduto do samba no Garcia, Casa de Pedra vira depósito enquanto ensaia reabertura

Conheça a história de um dos principais espaços de samba da capital soteropolitana, que está com portões fechados por conta da pandemia de Covid-19
"Quando me transformo em Lorrany, me sinto poderosa"

Drag queen e dançarina do Nordeste de Amaralina usam redes sociais para trabalhar e quebrar tabus

Moradores de um dos maiores complexos periféricos de Salvador, Lorrany Smithy já reformou o barraco com ajuda das redes, enquanto Medusa grava clipe

A cozinheira Cássia Muniz que usa o glicosímetro,  para acompanhar a glicose antes e duas horas depois das refeições

Em Pernambués, moradoras com diabetes relatam desafios na pandemia

Bairro passou dos 3.700 casos confirmados de Covid-19 e lidera a lista das regiões infectadas na capital baiana
O comerciante Flávio Antônio que vai até Itapuã para vender ovos e outras mercadorias

Canções e jingles ajudam a turbinar as vendas de empreendedores em Itapuã

Passar uma tarde no histórico bairro de Salvador é também ser envolvido por amplo e criativo repertório musical usado por quem trabalha nas ruas

Moradora do bairro do Lobato, a costureira Leona do Carmo, 37, utiliza a linha férrea todos os dias para ir ao trabalho na Calçada

Passageiros do Subúrbio avaliam com preocupação troca de trem por monotrilho na região

Usuários temem aumento na tarifa e reclamam da ausência de diálogos sobre os impactos para os entornos de linha férrea histórica na periferia de  Salvador

Mais notícias

Novembro negro

Com vaquinhas online e lives, agenda do mês da consciência negra é adaptada nas periferias

Ouça o podcast

Agência Mural lança projeto piloto com correspondentes locais espalhados por Salvador

Estamos em festa

Agência Mural completa 10 anos de jornalismo nas periferias com novidades

Agência Mural amplia cobertura e desembarca em Salvador

Site passa a ter área dedicada a reportagens de correspondentes soteropolitanos, que também serão publicados nos jornais do Grupo A TARDE

A Agência Mural de Jornalismo das Periferias completa dez anos produzindo reportagens sobre a região metropolitana de São Paulo. A celebração de uma década de existência vem com novidade: o lançamento do projeto piloto Mural Salvador, com correspondentes locais espalhados pela capital baiana.

O site da Mural passa a contar com uma área exclusiva à cobertura soteropolitana, de bairros periféricos como Cabula/Tancredo Neves (Pernambués), Cajazeiras, Centro/Brotas (Garcia e Engenho Velho de Brotas), Itapuã e Subúrbio/ Ilhas (Lobato). A primeira reportagem será publicada na próxima sexta-feira (27).

Em parceria com o Grupo A TARDE, as reportagens também vão ser publicadas nos jornais A TARDE e Massa!, que tem uma média diária de 35 mil e 5 mil leitores respectivamente, segundo o IVC – Instituto Verificador de Circulação de outubro de 2020.

O projeto piloto teve início com o recrutamento de 20 profissionais da área de comunicação, que participaram de uma formação online produzida pela Agência Mural.

O treinamento abordou temas relacionados à cobertura jornalística nas periferias, como técnicas de apuração e seleção de pautas, além dos princípios editoriais da Mural (como a não cobertura de temas ligadas à segurança pública ou assistencialismo).

Após a realização do programa, seis correspondentes locais foram selecionados para integrar a equipe da Mural Salvador, que também conta com o apoio do articulador e produtor audiovisual Moisés Augusto Neuma, morador do bairro Engenho Velho de Brotas.

Para Moisés, a Mural amplia as possibilidades na cobertura jornalística da cidade. “O jornalismo feito por um correspondente vem para refrigerar a ideia de jornalismo, para dar credibilidade", pontua.

Ele reforça ainda: "o muralista pode dar essa legitimidade porque ele é um jornalista com CEP, legitimado pelos seus, e quanto mais inclusão, melhor. E com mais uma cidade, mais alonga essa discussão democrática que a Mural traz”, diz o articulador, que também vai atuar como correspondente do Centro Brotas.

O editor de parcerias Cleber Arruda tem acompanhado a produção de pautas com os novos correspondentes e conta que as futuras reportagens irão revelar uma nova Salvador. “Já é possível perceber, pelas ideias e a produção empolgante dos novos colegas, um cotidiano cheio de cores, contrastes e com histórias inspiradoras”, alerta.

Já a cofundadora e diretora institucional da Mural, a jornalista Cíntia Gomes liderou a expansão do Mural para Salvador por meio do programa Facebook Comunidades, sendo uma das 12 comunidades selecionadas da América Latina.

“Após 10 anos de experiência e produção de conteúdos, entendemos que o nosso trabalho pode ser replicado em outras cidades e estados do país”, afirma.

Segundo Cíntia, a escolha por Salvador se deve ao fato dela ser considerada a mais populosa do nordeste do país, com 2,7 milhões de habitantes, sendo a segunda com a maior população do país morando em favelas.

01-abertura-grafismo-bg2

Agência Mural completa dez anos de existência e celebra com a chegada de uma nova cidade, novos correspondentes e novas histórias das periferias em outra região do país, Salvador! 

Conheça nossos correspondentes locais

CORRESPONDENTES-bg-titulo2
CORRESPONDENTES-bg-titulo2
BrendaGomes-CentroBrotas

 

Brenda Gomes

Jornalista e correspondente do Centro/Brotas (Fazenda Garcia) em Salvador, BA, desde 2020.

Centro/Brotas (Fazenda Garcia)

EduardoMachado

 

Eduardo Machado

Jornalista e correspondente do bairro Lobato no Subúrbio/ Ilhas em Salvador, BA, desde 2020.

Subúrbio/Ilhas
(Lobato)

GabrielleGuido-ItapuaIpitanga

 

Gabrielle Guido

Fotógrafa, produtora cultural e correspondente do bairro de Itapuã em Salvador, BA, desde 2020.

Itapuã
(Itapuã)

LaisLopes-Amaralina

 

Laís Lopes

É estudante de Jornalismo e correspondente de Amaralina no Barra/Pituba em Salvador, BA, desde 2020.

Barra/Pituba (Nordeste de Amaralina)

LucasBarbosa-Cajazeiras

 

Lucas Barbosa

Formado em ciências sociais e correspondente do bairro Águas Claras de Cajazeiras em Salvador, BA, desde 2020.

Cajazeiras
(Águas Claras)

MoisesAugustoNeuma-EngenhoVelhodeBrotas

 

Moisés Augusto

Articulador e correspondente do bairro Engenho Velho de Brotas em Salvador, BA, desde 2020.

Centro/Brotas (Engenho Velho de Brotas)

RosanaSilva-CabulaTancredoNeves

 

Rosana Silva

Jornalista e correspondente de Pernambués da região de Cabula/Tancredo Neves em Salvador, BA, desde 2020.

 Cabula/Tancredo Neves (Pernambués)

bairros-grafismo-mobile

Bairros

salvador-bairros-titulo-bg

Barra/Pituba (Nordeste de Amaralina)

Local de muitos contrastes sociais, onde estão os bairros mais ricos e as muitas praias famosas da cidade.

Cabula/Tancredo Neves (Pernambués)

É o bairro com a maior população negra e um dos bairros mais populosos da cidade. Está próxima a Avenida Paralela, uma das vias mais importantes da cidade.

Cajazeiras (Águas Claras)

Bairro à beira da BR 324, originalmente um gigantesco conjunto habitacional, que cresceu de maneira desordenada. Onde está localizada a Pedra de Xangô.

Centro/Brotas (Engenho Velho de Brotas)

Bairro onde viveu Moa do Katendê, está às margens do Dique do Tororó. Era um dos muitos engenhos que produziam o açúcar, o que deu nome origem ao bairro.

Centro/Brotas (Fazenda Garcia)

O bairro é um dos mais antigos e tradicionais de Salvador, considerado um dos berços do samba na Bahia.

Itapuã (Itapuã)

É conhecido pelo Farol de Itapuã e pela Lagoa do Abaeté, símbolos da cidade de Salvador. O bairro também é a casa das Ganhadeiras.

Subúrbio/ Ilhas (Lobato)

O bairro é atravessado pela Avenida Suburbana e pela Linha Férrea Feder. Ele ficou conhecido nacionalmente como o local onde foi descoberto o primeiro poço de petróleo em 1939.

INSCREVA-SE

Inscreva-se para acompanhar as notícias de Salvador

Foto: Moisés Augusto/Agência Mural

Apoio

creditos-facebook

Parceiros